Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 19ª Edição

Case: WINDSOR HOTEIS VALORIZANDO E DIVULGANDO A CULTURA DO RIO DE JANEIRO
Candidato: Windsor Hoteis
Cliente: Windsor Hoteis
Segmento: Prêmio Caio Sustentabilidade
Estado: RJ
TROFÉU HATHOR Business & Marketing
Categoria: Hotelaria
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Rotas Culturais

O Rotas Culturais é um projeto de visitas guiadas e de mapeamento cultural da região que inclui Centro Histórico, Zona Portuária e Glória.

Patrocinado pela Rede Windsor Hoteis, a iniciativa contribui para a valorização de importantes patrimônios como construções, praças e monumentos, e da cultura e história da alma da cidade que tanto amamos ao proporcionar uma experiência coletiva, divertida e interessante. Bem carioca.

Passear pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro é caminhar pela rica história da cidade. Muito bem acompanhado, então, é ainda mais prazeroso se apropriar de sua cultura, aprender sobre sua importância política e econômica, conhecer sua diversidade arquitetônica, admirar seu patrimônio e aproveitar sua música, gastronomia, vida boêmia e tudo mais o que há de bom na carioquice.

O projeto Rotas Culturais é realizado pelo Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV), em parceria com a empresa HCTUR - História, Cultura e Turismo, Hotéis Rio (Associação de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro), Polo Região Portuária e Sebrae/RJ. É patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Rede Windsor Hoteis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei do ISS/RJ).

SOBRE A REDE WINDSOR HOTEIS

Há mais de 30 anos no mercado brasileiro, a Rede Windsor possui hotéis de três a cinco estrelas. Dona de um dos maiores grupos hoteleiros independentes do país, possui 14 unidades no Rio de Janeiro entre Copacabana, Flamengo, Barra da Tijuca e Centro, além de 2 em Brasília. A Windsor Hoteis conta, ainda, com o Windsor Expo Convention Center (WECC), o maior espaço integrado de hotéis e eventos da capital fluminense, onde estão Windsor Barra, Windsor Oceanico, Centro de Convenções Expo Center e Windsor Marapendi. O espaço tem 22 mil m², 150 salões multiuso e capacidade para receber até 7 mil pessoas. Como reconhecimento por excelência em hospedagem, figura também em premiações nacionais e internacionais.

Galeria de imagens
Participantes durante um dos passeios do Rotas Culturais
Guias explicam sobre pontos históricos do Rio de Janeiro
Animação dos participantes durante uma das pausas do passeio
Na Praça Mauá, o novo em contraste com o tradicional
 

 

As visitas começaram em 10 de julho de maneira gratuita. Os passeios aconteceram as quintas-feiras, sextas-feiras, sábados e domingos, com uma visita por dia, e aos sábados duas visitas.

Aberto ao público em geral, as inscrições foram realizadas pela internet, após preenchimento de formulário no site do Instituto Cidade Viva ou pelo telefone, com limite máximo de 25 pessoas por passeio.
Após a inscrição, todos os interessados recebiam um e-mail de confirmação com o endereço do ponto de encontro.

No dia da visita, todos os participantes receberam brindes distribuídos gratuitamente contendo um mapa cultural impresso em três línguas (português, inglês e espanhol), camiseta, squeeze, chapéu, mochila e tatuagem temporária.

A historiadora Priscila Monteiro, uma pioneira no turismo histórico e cultural no Rio, desenvolveu três diferentes roteiros que permitissem contar um pouco da história do Centro Histórico, Zona Portuária e Glória.

Roteiro 1 - Rio de Glórias - Saída: Windsor Florida: Palácio do Catete (visita interna e jardins), caminhada pela Praia do Flamengo, Edifício Manchete, Hotel Glória, Praça Luís de Camões (visita ao Memorial Getúlio Vargas - subterrâneo), Outeiro da Glória (visão panorâmica), Flamengo, pela Avenida Praia do Flamengo e Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial (Monumento aos Pracinhas).

Roteiro 2 – Cinelândia - Saída: Windsor Asturias: Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal, Praça - Monumento Marechal Floriano Peixoto, Biblioteca Nacional, Theatro Municipal, Palácio Pedro Ernesto (Reforma de Pereira Passos), Largo da Carioca - Convento de Santo Antônio, Praça XV (através da rua Sete de Setembro): Antiga Sé, Paço Imperial, Travessa do Comércio e Arco do Telles (lendas urbanas), Rua do Ouvidor, Centro Cultural Banco do Brasil, Casa França-Brasil e Igreja da Candelária.

Roteiro 3 - Pequena África - Saída: Windsor Guanabara: Largo de Santa Rita - Antigo depósito de escravos, Rua do Acre - Prisão do Aljube, Rua Camerino, Largo de Depósito, Mercado de Escravos do Valongo, Jardim Suspenso do Valongo, Cais do Valongo, Pedra do Sal, Sacadura Cabral, Praça da Harmonia e Instituto Pretos Novos.

Os passeios contaram ainda com uma breve oficina de história sobre os pontos visitados, oferecidas dentro hotel da Rede mais próximo ao início do roteiro.

Algumas notícias veiculadas na imprensa:
Catraca Livre > https://catracalivre.com.br/agenda/passeios-rotas-culturais-historia-rio-de-janeiro/

O Tempo > https://www.otempo.com.br/interessa/turismo/conhe%C3%A7a-o-rio-hist%C3%B3rico-que-existe-e-quase-ningu%C3%A9m-v%C3%AA-1.2015304

Coluna de Turismo > http://colunadeturismo.com/2018/07/25/rede-windsor-organiza-rotas-culturais-no-rio/

Sopa Cultural > https://www.sopacultural.com/__trashed/

História Hoje > https://historiahoje.com/rotas-culturais-projeto-gratuito-revela-os-bairros-historicos-do-rio-de-janeiro/

Tem di Tudo > https://temditudo.net/inicio/2018/08/06/projeto-gratuito-rotas-culturais-revela-regioes-historicas-do-rio/

REDES SOCIAIS
Site: http://institutocidadeviva.org.br/realizacao/rotas-culturais/

Facebook: https://www.facebook.com/VisitasGuiadasRotasCulturais

Instagram: https://www.instagram.com/rotasculturais/

Galeria de imagens
Animação no Monumento aos Pracinhas
Jovem durante o Rotas Culturais
Participantes atentos a todos os detalhes
   

 

HISTÓRICO DE EVOLUÇÃO E DESEMPENHO

O desafio: O Estado do Rio de Janeiro passa por um momento delicado na economia e no turismo. Diante desse cenário, como se destacar no mercado criando ações em prol da imagem da cidade, resgatando o orgulho do carioca e fomentando o turismo na região central da Cidade do Rio de Janeiro.

Objetivos principais

- Contribuir para o fomento cultural da Cidade do Rio de Janeiro, ajudando a movimentar a economia e gerando emprego por meio do turismo.



- Oferecer uma experiência cultural gratuita de qualidade à população.



- Divulgar os atrativos culturais do Centro histórico e da Barra da Tijuca, valorizando, celebrando e eternizando todas as belezas e conquistas da cidade, mantendo e valorizando sua memória cultural.



- Ser referência no setor hoteleiro como fornecedor de conteúdo sobre o Rio de Janeiro.



Objetivo secundário

- Firmar a Rede Windsor Hoteis como uma ótima opção de hospedagem no Rio, e reforçar que vale a pena estender a viagem de negócios ou a lazer, optar pela região mais central da cidade, repleta de atrativos culturais.



Estratégias

Para maior visibilidade junto ao projeto e fazer com que a nossa marca fosse percebida pelos participantes, toda a comunicação visual e brindes continham a logo da Rede Windsor Hoteis.

Marcamos o ponto de encontro dos participantes nos nossos hotéis, assim, tínhamos a oportunidade de fazer com que o público entrasse nos hotéis e conhecessem nossas estruturas.

Colocamos um banner no looby para identificação do grupo e disponibilizamos uma sala de reunião para o encontro, onde eram realizadas as oficinas e entrega dos brindes.

Estreitando a relação entre participantes e a marca Windsor ativamos o ambiente com nossa logomarca. O Gerente do respectivo hotel era responsável por dar as boas-vindas antes de cada visita com um vídeo e fazendo uma breve apresentação sobre nossos serviços de hospedagem e de alimentação. Somente após a apresentação do gerente do hotel a guia realizava uma breve oficina sobre os pontos visitados.

Escolhemos alguns dias do passeio para convidar jornalistas, blogueiros e influencers, que ajudaram a divulgar o projeto publicando matérias, fotos e depoimentos.

Foram criadas páginas nas redes sociais onde foram postadas fotos e vídeos dos grupos no passeio, além de vídeos em tempo real.

Galeria de imagens
Kit que era oferecido aos participantes
Participantes recebem explicações sobre o local
Todos estavam aptos a participar!
Atentos a todas as explicações dos guias
 

 

O retorno do público foi estremamente positivo durante as visitas e nos depoimentos registrados em vídeos e nas redes sociais. E por conta da enorme procura e solicitações do público foram realizados 3 eventos extras.

Durante todo o projeto Rotas Culturais fora recebidas 500 pessoas nas visitas guiadas, entre moradores da cidade do Rio de Janeiro e turista nacionais e internacionais.

As assessorias de imprensa do projeto e da Rede Windsor se uniram no trabalho de divulgação junto à imprensa, e juntas somaram forças, gerando de retorno de mídia R$ 955.627,61.

As páginas do Facebook e do Instagram também obtiveram ótimos resultados. Com uma interação muito alta, principalmente nas transmissões ao vivo das visitas. Entre os dias 19 de julho e 20 de agosto (período de realização das oficinas e visitas) alcançamos mais de 193 mil pessoas pelo Facebook e 10 mil impressões no Instagram.

Depoimentos dos participantes

José Alexandre – “Passeio lindo, rotas maravilhosas e profissionais super experientes capacitados.”

Karla Santos – “Excelente projeto e execução. O tour é maravilhoso assim como todos os envolvidos. Estão de parabéns!”

Cris Hintze – “Roteiro incrível que mostra um lado do Rio que poucos conhecem!”

Karina Oliveira Brandão – “Adorei o passeio realizado na Cinelândia. A guia Priscila e a Michele foram muito atenciosas! Aprendi muito e fiz novos amigos. Pretendo fazer muitos outros !”

Cátia Regina – “Belíssimo trabalho. Muita informação, pessoas gentis e o muito conhecimento sendo levado à população. Parabéns! Fico feliz em conhecer projetos assim, valoriza nossa cultura e nossa cidade.”

Galeria de imagens
Muita energia e animação dos participantes
As selfies não faltaram durante as Rotas Culturais
Nem a chuva espantou os participantes
Todos os detalhes eram registrados
 

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube