Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: 2º SALÃO INTERNACIONAL DO ARTESANATO
Candidato: ROME FEIRAS E PROMOÇÕES
Cliente: Rome Feiras e Promoções
Segmento: Eventos
Estado: DF
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
2° Salão Internacional do Artesanato

A Rome Feiras e Promoções, sediada em Brasília, é uma empresa especializada em promoção, planejamento, organização e coordenação de eventos, com experiência há mais de 18 anos no mercado local, tendo promovido também eventos em outros estados.
A Rome conta com diretoria executiva, departamento de marketing, financeiro, de projetos, gerência administrativa e financeira, estrutura apta a promover e gerenciar eventos de pequeno, médio e grande porte.
A empresa é responsável pela organização e realização da Expotchê (o que inclui planejamento, programação, captação de patrocínios e apoios, montagem, comercialização, contratação de serviços e mídia), e tem por objetivo expandir e levar a feira para outras regiões do Brasil. Além da Expotchê, a empresa tem outras iniciativas próprias de grande sucesso, entre elas, o Salão Internacional do Artesanato, que em 2010 terá sua terceira edição.

Ficha Técnica
Evento: 2º Salão Internacional do Artesanato
TEMA: Raízes Brasileiras
Número de participantes: 80.000 visitantes.
Local de realização: Centro de Convenções Ulisses Guimarães – Brasília – DF
Data: 21 a 25 de outubro de 2009
Periodicidade: anual
Abrangência: evento nacional, com participação de todos os Estados do Brasil, incluindo o DF e de países da íbero-américa.
Atividades Paralelas: Rodada de negócios (negociação feita pelos artesãos e empresas de todo Brasil), venda do artesanato direta ao visitante, apresentações de música e dança folclóricas, apresentação de técnicas pelos mestres artesãos, oficinas para os artesãos e para a comunidade, aulas de gastronomia típica e palestras destinadas aos gestores de programas artesanais, artesãos e representantes de ONGs, Associações, OSCIPs e demais entidades que tenham envolvimento com o setor

Conceito

O Salão Internacional do Artesanato é um evento anual, criado para estimular a comercialização dos produtos artesanais, gerar negócios, aproximar o artesão do mercado consumidor e divulgar os estados e países participantes. Além disso, o Salão consolida e amplia os canais de venda, busca novos mercados, gera novas oportunidades de trabalho, estimula e aproveita as vocações regionais, através da participação e apresentação de grupos folclóricos, e promove o aprimoramento profissional dos expositores participantes, através de técnicas, palestras e oficinas.

Galeria de imagens
Pórtico de Entrada
Abertura oficial do 2º Salão Internacional do Artesanato
Cenografia
Cenografia - Homenagem aos 50 anos de Brasília
Estande
Apresentaçãoes Culturais
Palco
     

 

O 2º Salão Internacional do Artesanato divulgou e comercializou produtos artesanais das 5 regiões do país, gerando 1.200 empregos diretos e aproximadamente 3.500 empregos indiretos, ampliou a participação dos estados brasileiros, aumentouo volume de negócios gerados para R$5.000.000,00 (cinco milhões de reais), entre venda direta e Rodada de Negócios e atingiu um público de 80.000 (oitenta mil) visitantes, atingindo assim todas as suas metas.

O Salão contou com setores distintos, como Setor de Artesanato Nacional, Internacional, de Povos Indígenas, de Negócios, de Alimentação, de Apresentações Culturais, de Conhecimento e Praça dos Mestres. Ele teve como atividades paralelas oficinas gratuitas de artesanato (Montagem de flores; Chaveiro de chita; Fibras vegetais; Cerâmica; Bordado; Flores de Tecido; Decoupagem em vidro; Sacos plásticos e crochê; Biscuit; Pintura de vidro e latas, entre muitas outras), palestras com representante dos Correios, PAB, Sebrae e Projeto Terra, cursos de gastronomia com pratos típicos regionais como Moqueca de Peixe, Pato no Tucupi, Paella do Cerrado, Arroz Carreiro e outras delícias, apresentação de técnicas dos mestres artesãos e de grupos folclóricos, e shows com artistas locais (Escola de Chorinho Rafael Rabelo – Grupo Sai da Frente; Miro Mamulengueiro – Carpina – PE; Tambor de Crioula – DF e Bumba Meu Boi do Seu Teodoro – DF)

Para que o evento fosse devidamente prestigiado e registrado, ele contou com uma forte divulgação, que abrangeu os principais veículos de comunicação de Brasília. Sua divulgação compreendeu TV, rádio, outdoor, ícones de rua, jornais, revistas, internet e material gráfico. Além disso, uma experiente assessoria de comunicação acompanha e divulga seus feitos, por meio de matérias e releases.

Galeria de imagens
Apresentações Culturais - Miro Mamulengo
Apresentações Culturais - Tambor de Crioula
Apresentações Culturais - Bumba Meu Boi
Apresentações Culturais - Escola de Chorinho Rafael Rabelo
Rodada de Negócios
Palestras
Oficinas
Oficinas
Oficinas
Peças artesanais
Peças Artesanais
Peças Artesanais
Peças Artesanais
   

 

O 2º Salão Internacional do Artesanato ocupou uma área de quase 6.000m², dividida em estandes de montagem padronizada, montagens especiais e decoração. Foram montados 68 estandes, 01 arena cultural (palco), 01 Espaço Gastronômico, 01 auditório para palestras, 04 salas para oficinas, 01 Praça dos Mestres, para apresentação de técnicas dos mestres artesãos, 01 praça de convivência, lanchonete e banheiros.

Na entrada, sua montagem verde e amarela, e um painel com a bandeira do Brasil, homenagearam os 50 anos de Brasília. Na Praça dos Mestres, os mestres artesãos esculpiram, moldaram e tecerem suas obras, mostrada a confecção das peças produzidas.

O evento contou com os serviços: rádio interna; registro fotográfico; agência de publicidade; veiculação em TV, rádio, outdoor, jornais e revistas; cartazes, convites e folder de programação; site próprio; assessoria de imprensa, equipe de coordenação, de apoio e diretoria (secretaria, venda, cadastramento, financeiro, marketing e diretoria, todos com espaço para atendimento ao expositor e ao visitante); equipe de segurança; de limpeza; de bombeiros; ambulância e pronto socorro; estacionamento; sinalização interna e externa e containers para escoamento de lixo. Tudo devidamente inspecionado e aprovado pela Secretaria de Segurança Pública, Policia Militar, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Vara da Infância e da Juventude.

A captação de recursos foi feita através de apresentação direta do projeto, através de análises e negociações, e sua divulgação feita através de uma elaborada campanha publicitária, subsidiada por material impresso, como cartazes, convites, filipetas, entre outros; além da divulgação de informações pelo site do evento: www.salaodoartesanato.com.br.

Galeria de imagens
Praça dos Mestres - Mestre Artesão
Praça dos Mestres - Mestre Artesã
Praça dos Mestres - Mestre Artesão
Praça dos Mestres - Mestre Artesão
Espaço Gastronômico
Espaço Gastronômico
Divulgação - Ícone de Rua
Artesã do Estado do Espírito Santo
Artesã do Estado do Rio Grande do Sul
Artesãos dos Estados Participantes
         

 

A 2ª edição do Salão Internacional do Artesanato, realizada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, contou com participação de 19 estados, 600 expositores, um público de 80.000 pessoas e mais de 5.000.000,00 realizados em negócios. Entre os patrocinadores oficiais do eventos, estavam: Sebrae, Correios, Petrobrás e PAB/MDIC – Programa do Artesanato Brasileiro do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Em relação a ocupação hoteleira, houve um acréscimo de 30%, segundo cartas emitidas por três hotéis de Brasília. Sobre a participação de turistas e população local, não foi feita nenhuma pesquisa oficial, mas considera-se que o evento é voltado para os brasilienses. Contudo, com a vinda de 16 estados e 7 países para o evento, o próprio grupo de expositores já mesclou esse público e gerou um fluxo turístico para hotéis, transporte, bares e restaurantes, peculiar para a cidade.

Segundo informações repassadas pelo patrocinador PAB, o 2º Salão Internacional do Artesanato gerou mais lucro em negociações do que outros eventos de referência nacional, e que, a feira é o evento mais procurado pelos artesãos para a participação e exposição de produtos.

A feira gerou diversos benefícios a capital, como: empregos e impostos para a região do DF e entorno e fomento do turismo local. Durante sua realização foram gerados cerca de 2.000 empregos diretos, considerando os estandes e equipe de organização, montagem, limpeza, segurança, transportes, entre outros. Os empregos indiretos mobilizam o setor de turismo, hoteleiro, traslado, entre outros serviços que atendam a demanda da organização e dos expositores, totalizando 5.000 pessoas.

Galeria de imagens
Patrocinador - Sebrae
Patrocinador - Petrobrás
Patrocinador - Correios
Secretaria de Trabalho - GDF
Secretaria de Trabalho - GDF
Secretaria de Trabalho - GDF
2º Salão Internacional do Artesanato - Montagem e Público
Estando do Estado do Amazonas
Estande do Estado do Piauí
Estande do Estando de Pernambuco
Estande de Brasília
Estande do Estando do Pará
Estande do Estado de Minas Gerais
 

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube