Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: ENCONTRO COM A AUTOESTIMA
Candidato: RV Mais
Cliente: AstraZeneca do Brasil
Segmento: Eventos
Estado: SP
TROFÉU LEDCOM
Categoria: Evento de Responsabilidade Social
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Autoestima

A RV Mais é uma brasileira do ramo de promoções e eventos que atua há 15 anos com paixão e responsabilidade, dando vida aos sonhos de seus clientes por meio da busca da excelência nos serviços prestados.

O Encontro com a Autoestima, parte da campanha social Esperança e Vida da AstraZeneca Brasil, é uma ação voltada a pacientes que passam pelo tratamento de combate ao câncer de mama e visa trabalhar a humanização, o resgate e manutenção da autoestima, para que as mulheres adquiram mais confiança para superar as dificuldades causadas pela doença. A RV Mais foi a empresa responsável por formatar o projeto, além de administrá-lo e realizá-lo em todas as suas fases.

A AstraZeneca do Brasil, um dos maiores grupos farmacêuticos do mundo, investe em pesquisa e desenvolvimento todos os anos. Desse esforço, nascem produtos inovadores para melhorar a vida de milhares de pessoas. Entretanto, a companhia sabe que tecnologia não basta sem humanização e respeito ao indivíduo. Afinal, tratar é entender a complexidade de cada um, enxergar as vontades e considerar as diferenças. Essa idéia representa o motivo pelo qual a AstraZeneca não apenas pratica responsabilidade social – mas faz desse conceito uma marca de sua identidade corporativa.

Ficha Técnica

Título: Encontro com a Autoestima
Tema/Slogan: Autoestima: a melhor escolha contra o câncer de mama.
Público-alvo: Pacientes que estejam passando por qualquer tratamento contra o câncer de mama, além de parceiros, amigos e familiares; oncologistas e cuidadores (equipe que atua diretamente no tratamento dos pacientes como enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais profissionais envolvidos)
Conceito: Através de ações vivenciais como sessão de maquiagem, fotos e informações sobre o câncer de mama para toda a família, a campanha é direcionada para uma das fases mais difíceis da doença – o tratamento e seus reflexos na qualidade de vida.
Palavras-Chaves: Cidadania, Valorização do Ser Humano, Resgate e manutenção da autoestima e Responsabilidade Social.
Período de realização: 01/08/09 a 30/06/10
Abrangência: Nacional
Edições Anteriores: com este enfoque foi a primeira versão, mas a campanha social onde este evento está inserido existe desde 2005.
Nº pacientes participantes atingidos: 345
Patrocinadora Exclusiva: AstraZeneca
Idealização e Realização da Campanha: RV Mais Promoção e Eventos

Criada em 2005, a Campanha Esperança e Vida é uma iniciativa mundial da AstraZeneca. Até 2008 esta campanha tinha seus esforços voltados para o diagnóstico precoce do câncer de mama, uma vez que a doença, se diagnosticada em etapa inicial, é passível de cura.

A RV Mais que já participava das ações desta campanha entendeu que a AstraZeneca poderia colaborar também no enfrentamento da doença. A partir deste momento concebeu um projeto, até então inédito, para pacientes em tratamento contra o câncer de mama.

Para o lançamento da campanha, foi escolhido um local oportuno: a III Conferência Brasileira de Câncer de Mama, no Sheraton São Paulo WTC Hotel, na capital paulista. No estande da AstraZeneca foi reservado um espaço para uma ação em formato de teaser, com a distribuição de um pré-convite aos médicos participantes. Na frente do convite havia a frase: “Existe uma pessoa muito importante na vida da mulher com câncer de mama...”, que se completava com a mensagem do miolo: “Você! Na luta contra o câncer de mama, escolha fazer algo mais por sua paciente. Ajude-a a manter a autoestima elevada. Em breve, a AstraZeneca lhe convidará para uma ação diferenciada. Aguarde!”

Para esta ação, as promotoras vestiam uma camiseta com o slogan da campanha e uma peruca cor de rosa, que chamou bastante atenção dos congressistas. Todos queriam saber do que se tratava, mas foi mantido o sigilo e despertada ainda mais a curiosidade. Devido a essa recepção positiva por parte dos médicos, a indumentária das promotoras foi mantida nos “Encontros com a Autoestima”.

Encontros com a Autoestima

Durante o Encontro com a Autoestima há uma série de atividades relacionadas à temática. O desafio é abordar o assunto de forma delicada e bem-humorada por meio de palestras, atividades de integração e motivação e materiais informativos.

A primeira atividade da programação é uma palestra sobre o regaste e manutenção da autoestima e é ministrada por psico-oncologistas ou ex-pacientes. Em seguida acontece um brunch para troca de experiências e confraternização entre as pacientes, palestrante e profissionais da clínica e/ou hospital onde acontece o tratamento.

Por fim, ocorre uma dinâmica muito especial denominada “Um Dia de Modelo”. Nesta atividade, cada paciente é convidada a passar por um dia de modelo. Nesta ocasião são oferecidas diversas caracterizações temáticas como: “Rainha da autoestima”, “Visita ao oriente”, “Caminho das Índias”, “Madame”, “Frio nas montanhas”, “De volta aos anos 60”, “Baile veneziano”, “Cowgirl”, “Sombra e água fresca”, “Passeio no campo”, “Fotógrafa internacional”, “Barbie vai às compras” e “Brinde ao ano novo”. Além da caracterização, a paciente tem direito a maquiagem, estúdio e fotógrafo profissional. Esse é um momento importante do encontro, quando elas se vêm novamente bonitas, sentem-se confiantes e com a autoestima elevada. O simples fato de a mulher registrar na memória esse momento, de sentir prazer em pequenas ações, de se sentir bem consigo mesma e de saber que é possível fazer isso por si mesma, já é uma ferramenta para ela usar para enfrentar o tratamento de forma positiva. Porque tão importante quanto a cura da doença é o processo de cura, e estar bem consigo mesma facilita o tratamento e melhora a qualidade de vida.

Terminada a sessão fotográfica, as pacientes levam a foto para casa como recordação da Campanha. A troca de experiências e uma ação pra lá de especial despertam em todos os participantes muita alegria e emoção.

Durante o Encontro com a Autoestima são ainda distribuídos três guias, um para pacientes, outro para parceiros e familiares e um terceiro para crianças e adolescentes, todos didáticos e esclarecedores. Os guias abordam questões sobre como a doença age no organismo, os principais tratamentos existentes, dicas de como manter a qualidade de vida, a autoestima e a sexualidade, além de conselhos úteis de como o parceiro, a família e os filhos devem lidar com a doença.

Além desses materiais, os participantes recebem um formulário com a seguinte pergunta: o que deixa sua autoestima elevada? Essa ação visa à reflexão e a discussão sobre quais valores são importantes para a mulher que passa pelo tratamento de câncer. Recebem também uma pesquisa com questões sobre o dia a dia que visa conhecer mais as características da paciente, avaliar o trabalho desenvolvido e auxiliar na montagem de futuras atividades relacionadas ao tema.

O Encontro promove a união de médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e secretárias no convite aos pacientes para a participação em uma tarde inteira dedicada ao resgate e a manutenção da autoestima.

Planejamento

Para levar esta Campanha diretamente ao público-alvo, o Encontro com a Autoestima é realizado em clínicas e hospitais oncológicos. A ação é especialmente desenvolvida e coordenada pela RV Mais em diversos pontos do país. Abaixo as datas e locais onde foram realizadas as ações:

• 27/08/09 - CRIO - Centro Regional Integrado de Oncologia, Fortaleza/CE
• 27/08/09 - Oncoclinic, Fortaleza/CE
• 18/09/09 - IOV - Instituto de Oncologia do Vale, São José Campos/SP
• 28/09/09 - Instituto do Radium, Campinas/SP
• 06/11/09 - Hospital Araújo Jorge, Goiânia/GO
• 17/11/09 - INCA - Instituto Nacional de Câncer, Rio de Janeiro/RJ
• 27/11/09 - Instituto Devita, Caxias do Sul/RS
• 09/12/09 - Sequipe - Serviço de Quimioterapia de Pernambuco, Recife/PE
• 22/03/10 - Hospital Pérola Byington, São Paulo/SP
• 07/05/10 - Hospital A.C. Camargo, São Paulo/SP
• 13/05/10 - Liga Norte Riograndense contra o Câncer, Natal/RN
• 11/06/10 - Clinionco, Porto Alegre/RS
• 22/06/10 - Oncomed, Belo Horizonte/MG

Execução

Após o primeiro contato dos representantes da AstraZeneca com clínicas ou hospitais de sua região, a RV Mais, empresa organizadora e responsável pela logística, entra em ação para a formalização do evento e contato com os responsáveis dos locais para a realização do “Encontro com a Autoestima”. Neste momento a clínica e/ou hospital recebe uma carta personalizada explicando o objetivo da ação, bem como o detalhamento de sua programação.

Com a data do evento definida, o responsável pelo evento na clínica ou hospital recebe os convites do evento. A participação das clínicas e hospitais neste processo é fundamental, pois este é o ponto de partida para identificação das pacientes que participarão da ação e para o início do processo de abordagem.

Após a seleção, as pacientes recebem um convite impresso com data, local e horário do evento, além da programação das atividades. A confirmação da presença é feita por meio da própria clínica ou hospital que, por sua vez, fica responsável em avisar a empresa organizadora o número final de participantes.

Anterior ao evento, uma pessoa da equipe de eventos da RV Mais vai ao local para determinar as áreas disponíveis para a realização do encontro.

As assessorias de imprensa da AstraZeneca, clínicas e hospitais também têm importante participação, com um trabalho específico junto à mídia para divulgação da Campanha e acompanhamento dos resultados.

Ambientação dos locais

Em todas as ações, os ambientes dos eventos são caracterizados com elementos da Campanha, para gerar identificação das participantes com o tema.

• Banner institucional e Banner de dicas de como melhorar a autoestima

• Perucas cor de rosa – Em todas as ações o staff (recepcionistas e coordenadoras) utiliza perucas com o intuito de abordar delicadamente, e com bom-humor, a perda do cabelo decorrente de alguns tratamentos.

• Camisetas para equipe do staff

Todos os materiais impressos, incluindo os banners de sinalização e as contratações de todos os fornecedores locais ficam a cargo da empresa organizadora, que está presente na coordenação de todas as ações.

Serviços especiais para as ações

• Maquiagem: equipe de maquiadores profissionais são contratados para todos os eventos, para incrementar o visual das mulheres antes da sessão fotográfica.

• Brunch: concomitantemente à ação “Modelo por um Dia”, é contratado um coffee break para que a participantes possam se confraternizar e para que o clima seja agradável até o término das atividades.

• Fotografia: cada evento possui uma equipe de fotógrafos. Esta registra o evento em si e fica responsável pelos cliques da ação “Modelo por um Dia”. As melhores imagens originárias da ação fotográfica deram origem a dois calendários, um de mesa e outro de parede. As fotos selecionadas passaram por um tratamento e foram inseridas em fundos relacionados às produções levadas aos eventos.

• Filmagem: Todos os encontros contam com serviço de filmagem, a fim de registrar o evento. A RV Mais inovou ao criar mais uma ação durante a realização dos encontros: a gravação de depoimentos de participantes no melhor estilo das “novelas de Manoel Carlos”. Muitas pacientes deixaram um testemunho sobre sua trajetória, desde o diagnóstico da doença, até o tratamento e a esperança de cura. Os depoimentos se converteram em uma marca do evento e emocionaram todos os presentes.

Endomarketing

Para marcar a metade da campanha, no inicio de 2010, toda a equipe da AstraZeneca Brasil teve a oportunidade de conhecer de perto os “Encontros com a Autoestima” através de uma ação de endomarketing.

O evento aconteceu na sede da empresa em Cotia/SP, em um espaço destinado a uma exposição. As participantes da ação de certa forma puderam contar aos colaboradores como o “Encontro com a Autoestima” tocou suas vidas. No espaço foram colocados painéis com imagens das pacientes em tamanho real caracterizadas com adereços, fotos oriundas do estúdio fotográfico e seus depoimentos sobre a ação.

Para a ambientação do espaço os painéis foram circundados com flores e luzes direcionadas as pecas.

Passando pelo circuito da exposição, todos os colaboradores conheceram um pouco mais sobre o surgimento da iniciativa em falar com a paciente em tratamento e a importância da humanização neste contato. Todos os elementos e pecas de comunicação estavam expostos ali.

Após a exposição, os colaboradores eram convidados a assistir um filme com os melhores momentos dos encontros, seguido de um espaço para perguntas & respostas para o solucionamento de duvidas. Muitas pessoas saíram emocionadas e deram relatos de que levariam consigo esta mensagem positiva e de esperança. Para finalizar os colaboradores recebiam como brinde biscoitos da sorte com mensagens de autoestima e uma nécessaire com um espelho para que todos os dias este simples espelho lhes mostrasse a alegria de estar bem e com a autoestima elevada.

Para atrair o publico, uma série de peças de comunicação foram criadas. Resultado: a aceitação do publico foi enorme e a repercussão interna também. Esta ação de endomarketing contou com 296 colaboradores que trabalham na empresa e foi considerada a ação que mais reuniu funcionários, comparada a todas as ações realizadas anteriormente.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. A população masculina é acometida por esse tipo de câncer em apenas 1%. Segundo dados do INCA, a estimativa para 2010 é de 49.240 novos casos.

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. A mortalidade cresce por falta de diagnóstico precoce e tratamento adequado e apesar dos avanços diagnósticos e terapêuticos, não se tem verificado nenhuma diminuição na mortalidade pela doença nos últimos 40 anos.

Nem é preciso dizer que as mamas representam algo muito importante na imagem que a mulher tem de seu corpo e de sua sexualidade. Mulheres reduzem ou aumentam o tamanho de seus seios em busca de uma imagem de si que consideram mais satisfatória e atraente. Esse fato já fala por si. Além disso, todos sabem que qualquer doença atinge não só o corpo como a alma da pessoa, isto é, a maneira como a ela se vê e se imagina. Em nosso interior existe um sentimento irracional que nos leva a ter vergonha quando temos alguma doença. Parece que a doença nos diminui e nos desconsidera diante dos outros.

Ao receber o diagnóstico da doença o medo de se enxergar é enorme. Repentinamente, a mulher se vê enfrentando inúmeras situações novas e inesperadas e também diante de uma série de sentimentos variados, tais como ansiedade, raiva, tristeza, depressão, isolamento, insegurança ou medo.

O equilíbrio psicológico ajuda muito na recuperação de uma paciente com câncer de mama. As mulheres que recebem um diagnóstico de câncer de mama passam por vários níveis de estresse – mudanças psíquicas e físicas (como a perda de caracteres femininos como a mama e queda de cabelos em alguns casos), alterações no estilo de vida e preocupações financeiras. É importante buscar caminhos para enfrentar o problema da melhor maneira possível, sempre com confiança, segurança, vontade de vencer, paciência e autoestima.

O desafio da RV Mais era de propor uma ação para o resgate e a manutenção da autoestima fazendo com que as pacientes tornassem-se mais confiantes e fortes, quesitos importantes para superação das dificuldades causadas pela doença e pelo tratamento.

A ideia do projeto foi fazer com que a paciente escolhesse olhar para si, escolhesse não ter medo de encarar o espelho, escolhesse sentir-se bem consigo mesma, forte, bonita, decidida a optar pela autoestima.

Com o tema central na valorização da autoestima da paciente em tratamento, nasceu a Campanha Esperança e Vida 2009, cujo slogan “Autoestima: a melhor escolha contra o câncer de mama” foi trabalhado por meio de ações diferenciadas dentro de hospitais e clínicas especializadas em oncologia.

Galeria de imagens
Banner Institucional
Ambientação do Evento
Sacolas com Materiais do Evento
Materiais do Evento
Materiais do Evento
Materiais do Evento
Palestra em Fortaleza
Sessão de Fotográfica em São José do Campos 1
Sessão Fotográfica em São Jose dos Campo2
Pacientes Participantes de São José dos Campos
Pacientes de Campinas
Área de Maquiagem
Pacientes da Sessão de Maquiagem_Campinas
Sessão Fotográfica em Campinas
Estúdio Fotográfico em Camipnas
Palestra em Goânia
Casal no estúdio Fotográfico no Inca_Rio de Janeiro
Palestra no Inca - Rio de Janeiro
Palestra em Recife
Estúdio Fotográfico em Recife
Estúdio Fotográfico em Recife 2
Sessão Fotográfico em A.C Camargo em São Paulo
Sessão Fotográfica no Pérola Byington em São Paulo
Pacientes Participantes em Natal
Coffe Break
Coffe Break
Produções
Sessão de Fotos Porto Alegre
Estúdio Fotográfico em Belo Horizonte
Foto Lembrança Pacientes - Belo Horizonte
Palestra em Porto Alegre
Depoimento
Montagem da Foto Lembrança
   

 

O câncer de mama é provavelmente o mais temido pelas mulheres, devido à sua alta frequencia e, sobretudo pelos seus efeitos psicológicos, que afetam a percepção da sexualidade e a própria imagem pessoal. Os Encontros com a Autoestima realizados no ano período reuniram mais de 345 pacientes em tratamento, além de pacientes e familiares.

O feedback das clínicas e hospitais onde os encontros foram realizados foi amplamente positivo e a iniciativa e dinâmica dos eventos foram muito elogiadas. Para a AstraZeneca, as ações ajudaram a estreitar ainda mais o relacionamento com este locais e com a equipe médica.

No entanto, o sucesso da campanha é resultado de uma somatória de vários fatores, desde a parceria com clínicas e hospitais de referência no Brasil, uma programação diferenciada, o cuidado na organização e logística de cada ação, o pós-evento e principalmente, uma equipe de alto nível, alinhada e comprometida com resultados.

A Campanha tem um público bem diversificado no que diz respeito à faixa etária, a classe social e a cultura regional, já que trata-se de uma ação realizada em todo o país. Os encontros recebem pacientes de 25 a 80 anos, em todas as fases do tratamento da doença, que realizam os tratamentos via SUS, convênio ou particular. Esta diversidade de público faz com que a equipe precise atuar de forma personalizada para cumprir o mesmo objetivo de resgatar a autoestima, mesmo com pessoas com culturas e costumes tão diferentes.

Desde o desenvolvimento da Campanha, até a realização das ações contamos com um grande grupo de profissionais como a força de vendas e equipe interna da AstraZeneca, os responsáveis pelas clínicas e hospitais que aceitaram receber a Campanha, a RV Mais e principalmente fornecedores que prezam a excelência em sua atuação.

Conheça alguns comentários e depoimentos das pacientes participantes dos encontros.

• Me senti melhor, cada vez mais feliz e confiante na vitória. Andréia Fraga Maia, 34 anos, paciente participante da ação realizada em Fortaleza, CE

• No encontro de hoje me senti maravilhosamente bem. Adorei tudo! Flaviana Moraes Ribeiro, 29 anos, paciente participante da ação realizada em São José dos Campos, SP

• Após o evento de hoje, me senti como uma nova pessoa. Maria da Silva Moura Barros, 55 anos, paciente participante da ação realizada em Campinas, SP

• Após o encontro de hoje, fiquei com mais capacidade de enfrentar a doença. Maria Diva Rosa Amaral Muniz, 47 anos, paciente participante da ação realizada em Goiânia, GO

• O que me chamou a atenção no encontro foi o tratamento especial e muitos ensinamentos. Odetina do Nascimento Carvalho, 49 anos, paciente participante da ação realizada em Goiânia, GO

• Hoje vivi muitas coisas boas, tive muitos esclarecimentos que enriqueceram meus pensamentos e a maneira diferente de deduzir a vida e viver feliz, é isso que importa. Antonia Franco Gomes, 80 anos paciente participante da ação realizada no Rio de Janeiro, RJ

• Aprendi a trocar a palavra “vítima” por esperança. É assim que deve ser. Marisa Aparecida Fedrizzi, 42 anos, paciente participante da ação realizada em Caxias do Sul, RS

• Depois de seis anos de tratamento, passei uma tarde diferente, com muito aprendizado, muito especial. Maria de Fátima Relosi, 50 anos, paciente participante da ação realizada em Caxias do Sul, RS

• Achei muito importante esse projeto da AstraZeneca com a preocupação do lado emocional e social da paciente com câncer, principalmente com a saúde mental – autoestima da mulher. Maria Eugênia Andrade Rodrigues de Souza, 69 anos, paciente participante da ação realizada em Recife, PE

• Muito divertido, muito alegre, muito bom, me senti bem. Jeruza Soares de Araújo, 62 anos, paciente participante da ação realizada no Hospital Pérola Byington em São Paulo, SP

• Hoje me senti feliz, bonita e completamente curada. Maria Vilma Nunes, 39 anos, paciente participante da ação realizada no Hospital Pérola Byington em São Paulo, SP

• Saí do encontro realizada! Adenice Dias de Oliveira, 53 anos, paciente participante da ação realizada no Hospital A.C. Camargo em São Paulo, SP

• Adorei a possibilidade da partilha, ouvir as angústias de outras pessoas ou suas atitudes positivas e conquistas. Nós saímos mais fortalecidas e felizes. Sonia Veiga, 50 anos, paciente participante da ação realizada no Hospital A.C. Camargo em São Paulo, SP

• Achei importante conhecer mais e melhor as pessoas, ter como exemplo de vida o que aconteceu conosco e que ficou no passado. Ana Lucia Lopes de Souza, 50 anos, paciente participante da ação realizada na Liga Norte Riograndense contra o Câncer em Natal, RN

• Feliz, alegre, com a autoestima lá em cima. Foi bom ter câncer de mama. Margarida Maria Soares Lopes, 64 anos, paciente participante da ação realizada na Liga Norte Riograndense contra o Câncer em Natal, RN

• O carinho especial com pessoas que estão tentando se superar e passar bem pela doença me chamou muito a atenção. Ana Cristina Incerpi Romanello Jacob, 50 anos, paciente participante da ação realizada na Oncocamp em Campinas, SP

• Me senti super bem. Há tempos não me maquiava. Que sensação! Rita de Cascia Leão da Silva, 39 anos, paciente participante da ação realizada na Clinionco em Porto Alegre, RS

• Estou me sentindo ótima, leve. Simony Souza Lindenau, paciente participante da ação realizada na Clinionco em Porto Alegre, RS

• O que mais chamou a minha atenção nas atividades foi o entrosamento da equipe que organizou o evento. Maria de Melo Santos, 60 anos, paciente participante da ação realizada na Oncomed em Belo Horizonte, MG

Os Encontros com a Autoestima ocasionaram grande repercussão na mídia, sendo divulgado em diversos veículos nacionais e trouxeram maior visibilidade para os temas Autoestima e Câncer de Mama.

Tamanho o sucesso da campanha, ela tornou-se referência no mercado farmacêutico pela inovação e informação de qualidade, mas principalmente pela humanização, sensibilidade, e profissionalismo. A 2º edição da campanha foi ampliada com uma perspectiva de passar por 19 cidades do Brasil a atingir em torno de 700 pacientes.

Galeria de imagens
Entrevista Para Globo
       

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube