Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: VOLKSWAGEN RUN
Candidato: LATIN SPORTS LTDA
Cliente: Volkswagen do Brasil
Segmento: Eventos
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Case sem capa

O número de corredores cresce em média 25% ao ano. Tal fenômeno tem despertado cada vez mais o interesse de empresas que se preocupam com o bem-estar de seus funcionários e incentivam a atividade física.

Sabendo disso, a Volkswagen Run foi idealizada em 2007, entre outros motivos, com o intuito de ser um evento inédito no Brasil, contribuindo para o fortalecimento da imagem da marca Volkswagen, aproximando-a dos jovens, sem esquecer das demais faixas etárias, cada vez mais presentes no pedestrianismo.
A distância escolhida foi a de 10 km, a preferida de grande parte dos corredores, dos iniciantes aos avançados. Correr 10 km é um desafio viável à maioria daqueles que se preparam. E estimulante o suficiente para atrair a atenção dos que já são experientes e procuram melhores tempos.

Para incentivar ainda mais os atletas, a Volkswagen Run apresentou 3 pontos fortes.

1) O ineditismo. Até então, nunca havia sido realizada uma corrida a pé dentro de uma fábrica de carros.

2) O percurso exclusivo. Outro forte atrativo foi a oportunidade que os atletas tiveram de disputar a prova em um percurso exclusivo, podendo conferir a linha de montagem dos carros Polo e Fox.

3) A premiação. À elite foi oferecida uma forte premiação: R$25.000,00, além dos carros Gol 1.0 zero km – um para o vencedor masculino, outro para a ganhadora do feminino. Outros dois automóveis foram sorteados entre os participantes.

Sucesso para o público de cerca de 4.500 competidores, sucesso também para a Volkswagen, que pôde fixar sua marca e seus serviços, aproximar-se do público e proporcionar um eficiente marketing de relacionamento através de convites a clientes e parceiros.

A corrida se repetiu em 2008, consolidando-se no cenário de provas de São Paulo e destacando-se em todo o país. Isso dado principalmente ao seu ineditismo, grande presença na mídia, premiação agressiva, participação da elite mundial do atletismo e excelência na organização.

O case que segue sendo apresentado tratará da prova realizada no dia 10/08/2008, porém, há de se considerar que a Volkswagen apresentou mais um grande desafio para 2009, o CIRCUITO VOLKSWAGEN RUN, composto de 3 corridas que acontecem nas maiores fábricas da Volkswagen no Brasil - ANCHIETA, CURITIBA E TAUBATÉ. Uma vez que o circuito como um todo não tenha sido finalizado ainda, mesmo com a realização das duas primeiras etapas concluídas, as descrições que seguem tratam da 2ª edição do VW Run.

Idealizada pela Latin Sports, empresa de marketing esportivo com diferencial em sports business, o Volkswagen Run teve com meta ser um evento inédito no Brasil, contribuindo para o fortalecimento e imagem da marca Volkswagen. Para isso, o evento precisa contar com uma realização técnica impecável, o que de fato aconteceu.

Ao encerrar as inscrições, a prova atingiu o seu limite técnico de 4.500 atletas, sendo que aos colaboradores 500 inscrições foram previamente reservadas, para que pudessem ser feitas por eles na própria fábrica, com desconto no preço original (R$50,00) sendo valorado em R$35,00. Os demais atletas poderiam também se inscrever pela internet, considerando o valor normal da inscrição.
Na semana do evento, mais precisamente do dia 07 ao dia 09 de agosto, todos os atletas deveriam retirar seus kits de participação na Concessionária Volkswagen Haus, localizada na Avenida Faria Lima (São Paulo/SP). Aos colaboradores da fábrica, uma facilidade foi oferecida, os kits puderam ser retirados no próprio local de trabalho.

O kit-atleta era composto por uma sacola eco-bag, uma camiseta do evento feita em fibra de bambu, o número de peito (que deve ser usado durante a corrida) e o manual da prova com as informações mais importantes sobre o evento. O número de peito, além de essencial para participação na prova, continha ainda um ticket para preenchimento da questão "Qual foi a primeira montadora que realizou uma corrida de pedestrianismo nas dependências da fábrica, onde parte do percurso passa pela linha de produção?". O ticket preenchido foi depositado por todos os atletas nas urnas, após a corrida, para participação do sorteio de 2 Gols City 0km, um destinado aos colaboradores que participaram da prova e outro aos atletas em geral. Ver Imagem 1 - Número de peito.

Com o pré-prova realizado conforme o esperado, chegou o dia do Volkswagen Run 2008 propriamente dito - 10/08/2009. De acordo com o cronograma, as atividades seguiram da seguinte forma:

- 04h: Chegada e posicionamento dos staffs
- 05h: Liberação do estacionamento
- 06h: Início da chegada dos atletas e convidados
- 07h às 8h30: entrega de chip de cronometragem aos atletas
- 08h40: posicionamento dos atletas no local de largada (Ver Imagem 2 - Posicionamento)
- 9h: largada (Ver Imagem 3 - Largada)
- 09h30 às 11h: recepção dos atletas com entrega de medalhas, frutas, água e isotônico. Neste momento de chegadas, os atletas devolveram seus chips de cronometragem e depositaram o ticket destacado do número de peito para concorrer ao sorteio.
- 11h: premiação no pódio dos 5 primeiros colocados nas categorias masculina e feminina. (Ver Imagem 4 - Premiação)
- 11h15: sorteio dos carros. (Ver Imagem 5 - Vencedora do Sorteio).
- 11h30: show com a banda Jota Quest.
- 13h: encerramento do evento.

Sem dúvida, o ponto do percurso mais esperado estava entre os quilômetros 7 e 8, onde os atletas passariam por dentro da linha de montagem de fato. Claro que com essa expectativa a animação se manteve sempre alta e quem se esforçou teve a recompensa, o percurso estava preparado, inclusive com alguns colaboradores da fábrica observando e incentivando os atletas que por ali passavam. (Ver Imagens 09 e 10 - Corrida). Não só a parte interna da fábrica em si, mas todo o percurso estava ambientado para receber os atletas e estimulá-los por meio da curiosidade e de uma das paixões nacionais que é o carro. Muitos trechos contavam com exposição dos carros fabricados, passando inclusive pelos pátios da montadora. (Ver Imagem 11 - Carros).

Após a prova ninguém quis descansar, era o momento do sorteio. O colaborador Volkswagen ganhador do carro foi o Valdir Natalino Barreira. Já a atleta sorteada que participou da prova na categorial geral foi a Fabiana Passamai. A alegria dos dois ganhadores era visível e contagiou o público presente que, neste momento, tinham ainda outro motivo para manter a animação: o show do Jota Quest. (Ver Imagem 6 - Show Jota Quest). A banda se apresentou no palco onde recém havia acontecido a premiação e o sorteio, sendo que todos os atletas já estavam posicionados e aguardando a entrada da banda. Com o começo do show, a agitação foi grande e o evento fechado com chave de ouro.

Além dos carros sorteados, os primeiros colocados nas categorias masculina e feminina também levaram seus respectivos Gol City para casa. Abaixo segue a relação dos 10 primeiros atletas colocados e seus respectivos prêmios:

CATEGORIA FEMININA (Imagem 7 - Premiação Feminina)

1) FABIANA CRISTINE DA SILVA - 00:34:13.50
Gol City 0km
2) SUELY PEREIRA SILVA - 00:34:17.90
R$ 4.000,00
3) NADIR SABINO SIQUEIRA - 00:34:38.55
R$ 3.000,00
4) EDIELZA ALVES DOS SANTOS GUIMARÃES - 00:34:57.15
R$ 2.000,00
5) LUZIA DE SOUZA PINTO - 00:35:27.95
R$ 1.000,00
6) NELLY JEPTANUI KIPKESIO - 00:35:42.50
R$ 500,00
7) MICHELE CRISTINA DAS CHAGAS - 00:35:47.70
R$ 500,00
8) ADRIANA APARECIDA DA SILVA - 00:35:50.15
R$ 500,00
9) ANDRÉA CELESTE DA SILVA RAMOS BENITES - 00:36:08.10
R$ 500,00
10) SIMONE ALVES SILVA - 00:36:31.40
R$ 500,00

CATEGORIA MASCULINA (Imagem 8 - Premiação Masculina)

1) CHEMWOLO KIPRONO MUTAI - 00:28:36.55
Gol City 0km
2) PAUL KEPKEMEI KIPKORIR - 00:29:20.00
R$ 4.000,00
3) DAMIÃO ANSELMO DE SOUZA - 00:29:34.95
R$ 3.000,00
4) LUIS PAULO DA SILVA ANTUNES - 00:29:37.55
R$ 2.000,00
5) JOÃO FERREIRA DE LIMA - 00:29:39.25
R$ 1.000,00
6) RAIMUNDO NONATO SOUZA AGUIAR - 00:29:56.00
R$ 500,00
7) MUTAI KIPROP - 00:29:56.80
R$ 500,00
8) DANIEL LOPES FERREIRAS - 00:29:59.30
R$ 500,00
9) JOEL KIPLAGAT TIROP - 00:29:59.55
R$ 500,00
10) WILLY KANGOGO KIMUTAI - 00:30:00.45
R$ 500,00

Galeria de imagens
Imagem 1 - Número de peito
Imagem 2 - Posicionamento
Imagem 3 - Largada
Imagem 4 - Premiação
Imagem 5 - Vencedora do Sorteio
Imagem 6 - Show Jota Quest
Imagem 6 - Premiação Feminina
Imagem 7 - Premiação Masculina
Imagem 10 - Corrida 1
Imagem 11 - Corrida
Imagem 12 - Carros
       

 

Como todo evento inovador, algumas questões precisaram ser resolvidas para o bom andamento do Volkswagen Run. A primeira delas foi como o percurso seria desenhado para que a prova passasse de fato pela linha de produção de forma segura, impactando minimamente na rotina da fábrica, que nada mais é que a maior fábrica de automóveis da América Latina. Sempre em conjunto com a equipe de segurança e coordenação da planta da fábrica, foi traçado um percurso que não só deveria atender às expectativas como também estar totalmente de acordo com as regras da Federação Paulista de Atletismo, uma vez que a prova contaria com a presença de atletas de ponta internacionais, vindos, principalmente do Quenia.Ver Imagem 7 - Percurso da prova.

Sem dúvida nenhuma, a presença de atletas de ponta, sendo alguns estrangeiros, é um dos pontos que tornam a prova atrativa também no que diz respeito à mídia. Em 2008 a prova foi televisionada pela BandSports ao vivo, o que também exigiu um trabalho em conjunto para que a prova pudesse ser filmada, uma vez que as dependências da fábrica são altamente sigilosas.

A questão da mídia ainda foi um ponto bastante discutido no momento da construção do plano de mídia. A natureza do evento pede que seja anunciado não só em mídias especializadas no segmento de esportes - corrida, como de bem estar em geral. Neste momento, a parceria com a rádio 89 FM deu corpo à iniciativa de evento, ao promover uma corrida inédita, sendo esta a palavra chave da rádio. O anúncio veiculado já apresentava a idéia de uma corrida dentro da fábrica e, como não poderia deixar de ser, com um toque de humor para que tivesse mais ligação com o público jovem, não de corpo, mas de espírito. (Ver Imagem 8 - Anúncio).

Galeria de imagens
Ver Imagem 7 - Percurso
Imagem 8 - Anúncio Volkswagen Run 2008
     

 

Tratando-se de investimentos, a Volkswagen Run contou com a sólida parceria das marcas Porto Seguro, Volkswagen Tech, Banco Volkswagen, T-Systems, Castrol, Gatorade e rádio 89FM que, com a somatória dos investimentos creditados, além das entradas de capital com as inscrições, o evento foi pago em praticamente 80%. Frente à visibilidade, o retorno fora certamente um excelente negócio para a montadora.
Uma boa forma de avaliação dos resultados de um evento e, neste caso, esportivo, é o recolhimento das impressões tidas pelos patrocinadores e apoiadores. Seguem alguns relatos:
"Ter a oportunidade de presenciar mais de cinco mil pessoas, entre atletas e staffs, de todas as idades, reunidas em busca de qualidade de vida, é uma oportunidade única. Neste evento, todos foram vencedores. Participantes, patrocinadores e a Volkswagen. Ficam aqui nossos parabéns a todos e o agradecimento pela oportunidade de estar presente em um evento desta magnitude." Marcelo Sebastião - Gerente de Seguro Automóvel da Porto Seguro.
"A participação e o envolvimento da 89FM com a Volkswagen Run foram completos e muito satisfatórios. Ficamos felizes e honrados com o convite para ser a rádio promocional oficial do evento. A idéia da primeira corrida indoor em uma fábrica é original, criativa, inovadora e tem tudo a ver com a personalidade da nossa emissora. Inovação é nossa especialidade, pois tudo o que acontece primeiro, acontece na 89. No final, gostamos tanto da idéia e nos envolvemos tanto com o evento, que um dos sócios proprietários foi correr a prova. Mas mais importante em tudo isso foram os impactos positivos gerados para a comunicação e par a personalidade da marca Volkswagen, que está de parabéns pela iniciativa. O pessoal aqui da 89 está treinando forte, porque já estamos nos preparando para o próximo."Junior Camargo - Diretor-executivo da 89 FM.

"Como a principal parceira de TI da Volkswagen, foi muito gratificante para a T-Systms apoiar a Volkswagen Run, uma grande iniciativa da Volkswagen que proporcionou, entre muitos benefícios, a integração entre funcionários e a comunidade, grande visibilidade da marca e seriedade da empresa, além de estímulo fundamental ao bem-estar e à saúde.Parabéns à equipe Volkswagen pelo sucesso do evento." Massuo Uemura - CEO da T-Systems do Brasil.

A oportunidade de participação em um evento esportivo aproxima a marca do atleta em um momento de descontração, facilitando o contato com ele. Um exemplo de ativação realizada foi a da Volkswagen Tech, que montou um stand para apresentação das peças. Ver Imagem 13 – Volkswagen Tech.

Além desta ação, a própria Volkswagen incrementou o evento com duas peças que agradaram a todos, a primeira delas foi um robô que, controlado à distância, interagia com todos, se movimentando e falando. Ver Imagem 14 – Robô.

A segunda atração foi a exposição de um Mini Gol. Uma miniatura idêntica ao carro original, com funcionamento normal. Ver Imagem 15 – Mini Gol.

Dado o grande sucesso da iniciativa, em 2009 o Circuito Volkswagen Run cresceu para 3 etapas, sendo realizado também nas fábricas de Taubaté (14/06/09), Curitiba (19/07/09), além da já tradicional prova na fábrica da Anchieta - São Bernardo do Campo que ainda acontecerá (22/11/09).

Galeria de imagens
Imagem 13 – Volkswagen Tech
Imagem 15 – Mini Gol
Imagem 14 – Robô
   

 

Além de estimular a prática de exercícios físicos, a Volkswagen Run também incentivou a adoção de medidas que diminuem o impacto ambiental da atividade. A camiseta que foi distribuída aos participantes é feita de fibra de bambu, uma matéria-prima renovável e biodegradável, que não precisa de agrotóxicos ou pesticidas para ser cultivada. O tecido de bambu é leve, absorve a umidade, permite a transpiração e tem propriedades bacteriostáticas, que evitam a multiplicação de bactérias. O material também protege contra os raios UV e possui características termodinâmicas (sensação gelada em dias de calor e vice-versa). Ver Imagem 16 – Camisetas. A sacola do kit será produzida com um tecido de pet 100% reciclado. Ver Imagem 17 – Eco Bag.

Uma característica interessante levantada pelo gerente de marketing da Volkswagen, Brunno Aranha, foi o envolvimento criado entre os colaboradores com a corrida. O fato de ser uma prova realizada dentro do local de trabalho, e ainda aberta a outros participantes, implementou em seus estilos de vida uma forma mais saudável de alimentação e também no comprometimento com relação ao esporte. Percebeu-se que o Volkswagen Run se tornou uma meta para muitos colaboradores que incorporaram a corrida como um treinamento em seu cotidiano, na busca de bons resultados. Um dos exemplos foi a concessionária Belcar, de Goiás, que trouxe sua equipe de colaboradores para disputar a prova. (Ver Imagem 8 - Colaboradores Belcar). A Volkswagen ainda chamou ao palco de premiação os atletas-colaboradores que se destacaram na prova, com os melhores resultados. A eles foi entregue um troféu pelo gerente Marcelo Olival. (Ver Imagem 9 - Premiação Colaboradores). Sem dúvida nenhuma, esta é uma ação que coloca o colaborador mais próximo e mais ligado à empresa, criando um elo que vai muito além do profissional.

A partir do momento em que um colaborador se vê estimulado à prática esportiva pela empresa onde trabalha, são inúmeros os benefícios não só para sua saúde como também na sua atuação em suas funções. O aumento do empenho no trabalho e conseqüente produtividade foi uma questão observada dentro da Volkswagen, que já entende o Volkswagen Run como parte do calendário de atividades da fábrica, aguardado com expectativa por todos.

Galeria de imagens
Imagem 8 - Colaboradores Belcar
Imagem 9 - Premiação Colaboradores
Imagem 16 – Camisetas
Imagem 17 – Eco Bag
 

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube