Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade
Twitter Facebook Linkedin Plaxo

Prêmio Caio 13ª Edição

Case: 19° FESTIVAL NIPO BRASILEIRO
Candidato: TASA EVENTOS
Cliente: Associação Esportiva e Cultural de Maringá
Segmento: Eventos
Estado: PR
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Cartaz do 19° Festival Nipo Brasileiro

O 19º Festival Nipo-Brasileiro, realizado entre os dias 2 e 10 de agosto de 2008, celebrou os 100 anos da Imigração Japonesa no Brasil. Em 2008, o evento atraiu cerca de 70 mil visitantes. O Festival é uma promoção da cultura japonesa e, atualmente, está consagrado como o principal evento cultural de Maringá e um dos principais eventos do gêreno no país.
Maringá é uma das maiores comunidades nipônicas do Brasil. Graças a essa tradição, Maringá já recebeu, três vezes, integrantes da família real japonesa. Em 2008, o Príncipe Naruhito, herdeiro do trono nipônico, visitou a cidade em comemoração ao centenário da imigração. Além disso, Maringá possui uma cidade co-irmã, Kakogawa, no Japão.
Para atender este grande interesse da comunidade maringaense, o Festival Nipo-Brasileiro oferece cinco pavilhões com atividades comerciais, culturais, artísticas (shows e danças) e culinárias que proporcionam o contato com a tradição japonesa.
No pavilhão comercial o público pode conferir mais de 80 expositores entre concessionárias de automóveis, instituições financeiras, construtoras e prestadoras de serviços. O pavilhão cultural é o local onde é possível conhecer os tradicionais bonsais, origamis, ikebanas, trajes típicos e a cerimônia do chá. No pavilhão de shows ocorrem as apresentações dos principais artistas da comunidade nikkei, enquanto no pavilhão de dança são apresentadas coreografias como as do bon-odori. O pavilhão de gstronomia é o local onde são servidos pratos típicos da culinária japonesa preparados por 1500 voluntários.
O evento conquistou o reconhecimento nacional com o troféu “Jacaré de Ouro” do Prêmio Caio em 2004 e 2006, “Jacaré de Prata” em 2005 e 2007 e "Jacaré de Bronze" em 2008 na categoria “Evento Artístico Cultural Regional”.
A Tasa Eventos é responsável pela organização do Festival Nipo Brasileiro desde 2002 e sempre garantiu o sucesso do evento. A empresa é responsável pela programação artística e cultural, pelo detalhado plano de Marketing,captação de patrocínios, comercialização dos estandes entre outras ações fundamentais para o sucesso e qualidade do evento.
A Tasa Eventos atua em todo território nacional e também no Japão com trabalhos em congressos, feiras, eventos culturais e esportivos.
Ficha Técnica do Evento:
Título: 19º festival Nipo-Brasileiro
Local: Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema) – Maringá, Paraná.
Data: 2 a 10 de agosto de 2008
Peridiocidade: anual

Galeria de imagens
Cerimônia do Mochi-tsuki
Grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko
Grupo Ishindaiko
Grupo Ishindaiko
Prefeito Sílvio Barros com recepcionistas em traje típico
Grande sucesso de público
Cerimônia do chá
Exposição de Washi Ningyo
Pavilhão de gastronomia
Estande de patrocinador - Bradesco
Exposição de Ikebana
Cantor Joe Hirata
Exposição de Origami
Alunos da Escola de Língua Japonesa da ACEMA
 

 

A cultura japonesa foi agregada ao cotidiano dos brasileiros. Parte da população se interessa pelos costumes orientais, sobretudo pela gastronomia, tão difundida no Brasil. Por isso, a tradicional culinária japonesa é um dos grandes atrativos do Festival Nipo-Brasileiro. Mais de 1500 voluntários trabalham no preparo de pratos tradicionais, como sushi, sashimi, teppan-yaki, yakissoba e tempurá. Toda verba arrecadada neste setor é revertida a quatro entidades de Maringá.
Além da culinária, o Festival Nipo-Brasileiro mantém as tradições da arte e da beleza dos costumes orientais. Isso garante a lembrança e a nostalgia para quem nasceu no Japão, mas também apresenta aos mais jovens a tradição oriental.
Entre as apresentações culturais, o público pode conferir shows de grupos folclóricos, canções japonesas, apresentações dos principais artistas da comunidade nikkei no Brasil que agradam públicos de diferentes faixas etárias.
Fez parte da programação do 19° Festival Nipo Brasileiro o Torneio Sokei 2008 que reuniu a seleção brasileira de beisebol e times das tradicionais universidades japonesas Waseda e Keio, que vieram ao Brasil para os festejos do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil.
O Festival recebeu, também, o grupo Ishindaiko, considerado o melhor grupo de Taiko (tambores) do Brasil. O grupo já recebeu diversos prêmios nacionais e representou o Brasil no Nippon Taiko Contest, em 2007, na cidade de Kyoto, no Japão. Além disso, o palco do 19° Festival Nipo Brasileiro recebeu o Coral Holiness Infanto – Juvenil de Los Angeles (EUA).
A dança bon-odori já se consagrou entre as atrações preferidas do público local. Todas as noites, centenas de pessoas se reúnem para dançar em uma verdadeira celebração entre japoneses, descendentes e não-descendentes. Durante o 19º Festival Nipo-Brasileiro, o pavilhão cultural ofereceu o contato com a cultura dos bonsais, origamis, mangás, ikebanas, cerâmica Raku, washi ningyo, trajes típicos e a belíssima cerimônia do chá.
Com todo esse resgate, o Festival Nipo-Brasileiro cumpre seu objetivo de divulgar e manter viva a tradição japonesa. O evento tem uma ampla divulgação em veículos de comunicação como rádio, televisão, jornal impresso, revista, outdoor, internet e alcança, também, destaque na mídia estadual e até nacional.

Galeria de imagens
Hinadan
Yosakoi Soran Saikyo
Grupo Ishindaiko
Cerimônia do Kagami-wari
Coral Holiness de Los Angeles (EUA)
Orquestra do Cesumar
Caricaturas - Mangá
Equipe de beisebol da Universidade de Waseda (Japão)
Jogo de beisebol entre as equipes japonesas - Waseda x Keio
Waseda x Keio
Decoração na entrada principal
Decoração com tanabatas
Exposição de Ikebana
Karen Ito concedendo entrevista
Show musical de Mônica Missawa
Grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko
       

 

O Festival Nipo-Brasileiro oferece toda estrutura adequada para expositores, artistas e visitantes. A organização cuida de todos os detalhes para atender as normas de segurança e sanitárias estabelecidas pelos órgãos fiscalizadores.
Para realização do evento são contratados os melhores prestadores de serviço da região entre montadoras de estandes, agência de publicidade, gráfica, comunicação visual, produtora de vídeo, mídia (rádio, TV, jornal, outdoor, revista), sonorização, iluminação, seguranças, etc. Com o intuito de fortalecer as entidades da região, o Festival Nipo-Brasileiro privilegia as empresas associadas a entidades como Convention & Vistors Bureau e Associação Comercial.
O Festival ocorre graças à captação de recursos com o patrocínio de empresas de segmentos relacionados à comunidade nipo-brasileira. Uma estratégia adotada na captação de patrocínio da cota master foi oferecer, no pacote de benefícios, a uniformização de voluntários da praça de alimentação com happis (traje japonês) estampados com a logomarca da empresa. Esta medida proporciona grande visibilidade da marca do patrocinador.
O bem-estar do público é garantido pela ótima infra-estrutura e pelo trabalho de seguranças particulares e de rondas da Polícia Militar. Porém, nenhuma ocorrência policial foi registrada durante os nove dias do Festival.
A Acema, onde ocorre o Nipo-Brasileiro, está localizada em um bairro de fácil acesso, próximo ao centro de Maringá. O local é abastecido com linhas de ônibus frequentes, com paradas em frente à Associação. Além disso, o estacionamento à disposição do Festival conta com o monitoramento de seguranças particulares que fiscalizam a movimentação de milhares de carros por noite.
Os visitantes conseguem se locomover com agilidade no interior do evento graças às placas de sinalização e identificação dos ambientes. O Festival também é uma oportunidade de prática profissional para alguns cursos de graduação da cidade. Alunos do curso de Gastronomia participam do preparo dos pratos típicos na praça de alimentação. Já os acadêmicos do curso de Turismo participam de atividades de apoio na organização do evento.
Essa estrutura proporciona uma boa cobertura da imprensa em todos os dias do Festival, o que garante a boa repercussão do evento e a consequente divulgação das marcas dos patrocinadores e apoiadores.

Galeria de imagens
Voluntária com happi de patrocinador - Bradesco
Pavilhão comercial - estande da Honda
Estande da RPC (TV Globo)
Grupo Wakadaiko
Sinalização
Acadêmicos de curso de turismo com o coordenador do Festival, Takao Sato
Pavilhão Comercial - Estande da Toyota
     

 

O 19º Festival Nipo-Brasileiro contou com uma grande divulgação na mídia regional. Houve abrangência dos três jornais impressos locais (O Diário do Norte do Paraná, Hoje Notícias e Jornal do Povo), um jornal de circulação estadual (Folha de Londrina), três rádios com perfis diferentes (Jovem Pan, Maringá FM e CBN Maringá), cinco emissoras de televisão (RPC/Globo, Rede Massa/SBT, TV Maringá/Band, RIC/Record e RCC/Rede TV), revista (Made in Japan) e outdoors em pontos estratégicos. A repercussão no Festival Nipo-Brasileiro é satisfatória tanto para a organização quanto para patrocinadores e expositores do evento, pois destaca Maringá em nível estadual e até nacional.
Os frequentadores do Nipo-Brasileiro são de alto poder aquisitivo e isso garante muitos negócios para os expositores de diversos segmentos.
A cobrança do ingresso do 19º Festival Nipo-Brasileiro é realizada no valor simbólico de R$5,00 durante a semana e R$ 7,00 nos finais de semana. No entanto, a efetiva movimentação econômica do Festival se dá na realização dos negócios nos estandes. Cerca de 80 expositores participam do pavilhão comercial. Entre os diversos segmentos estão concessionárias de automóveis, produtos japoneses, instituições financeiras, imobiliárias, construtoras, prestadoras de serviços etc. Já a verba arrecadada na praça de alimentação é destinada a entidades assistenciais.
Outro aspecto importante é o interesse e a participação de importantes bancos como Bradesco, Banco do Brasil, ABN Amro e Caixa Econômica Federal que possuem produtos específicos para a comunidade nikkey e atendem às famílias de mais de 300 mil brasileiros que vivem e trabalham no Japão e enviam suas economias para investimentos no Brasil. Estes bancos possuem agências no Japão e, por isso, patrocinam os principais eventos nikkeys do Brasil, como o Festival Nipo-Brasileiro de Maringá.
A satisfação do público é percebida pelo grande fluxo de pessoas em todos os dias do evento. Muitas pessoas têm a oportunidade de conhecer a culinária japonesa durante o Festival. Por isso, após o evento é precebido o aumento do fluxo em restaurantes japoneses e nas gôndolas especializadas em produtos japoneses (a maioria dos supermercados de Maringá tem uma seção dedicada aos produtos nipônicos), entre outras situações que exaltam a cultura japonesa na sociedade.

Galeria de imagens
Pavilhão Comercial - Estande da Peugeot
Estande de patrocinador - Bradesco
Estande do Sicredi
Estande do Sebrae
Estande de futon
Geração de negócios
Estande da Bridgestone
Estande da Shimizu Imóveis
Alunos da Escola de Língua Japonesa da ACEMA
 

 

Além de promover a valorização e a divulgação da cultura japonesa, o Festival Nipo-Brasileiro tem entre os principais atrativos a possibilidade da promoção social da comunidade menos favorecida. Parte da arrecadação do evento é destinada às entidades assistenciais como a igreja budista Nishi Honganji, o asilo Wajunkai, Centro Cultural São Francisco Xavier e Seicho-No-Ie que prestam serviços à população.
Além do aspecto social, o Festival Nipo-Brasileiro disponibiliza o melhor da tradição oriental. Estiveram presentes na programação do 19° Festival Nipo-Brasileiro as maiores expressões artísticas e culturais da comunidade nikkey do país. O público tem ainda a possibilidade de apreciar as tradições da minuciosa cultura japonesa nos bonsais, origamis, ikebanas, mangás, trajes típicos e na belíssima cerimônia do chá.
A seleção de alimentos também é rigorosa. Todos os ingredientes da elaboração dos pratos são de qualidade para garantir o perfeito sabor da culinária oriental.
Mas a excelente qualidade dos serviços vai além. Preocupada com a responsabilidade ambiental, a organização do evento realiza a coleta seletiva de lixo durante todo o Festival, para evitar que restos de comida e papéis sejam destinados a locais inadequados.
O Festival Nipo-Brasileiro é realizado para atender bem os milhares de visitantes do evento. A organização garante o bom fluxo de pessoas, limpeza e dinamismo do Festival, reconhecidamente um evento de sucesso na região.



Galeria de imagens
Grupo de Dança Folclórica da ACEMA
Banda J Pop
Show musical - Mônica Missawa
Grupo Wakadaiko
 

 

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878