Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: STAND CONVERSE
Candidato: Studio Paralelo + MAAM
Cliente: Coopershoes Matriz
Segmento: Serviços
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
STAND CONVERSE FRANCAL 2009

O Studio Paralelo é um escritório de Arquitetura com sede em Porto Alegre, sul do Brasil. Desde sua fundação em 2002, o Studio aposta na idéia de grupo e no que isto significa - complemento, variedade, idéias, precisão, pesquisa, personalização.
Trabalhamos em parceria com arquitetos e outros profissionais buscando responder mas demandas contemporâneas de viver e trabalhar sem discriminar escala ou programa, pois acreditamos que uma boa arquitetura e comunicação visual podem tornar nossas cidades mais interessantes.
Com um formato não convencional, apostamos na estratégia de cultivar intercâmbios com diferentes colaboradores e culturas, favorecendo o processo criativo e o produto final.
Com base nesse conceito, em 2006, o Studio Paralelo se associa ao escritório uruguaio MAAM, sediado em Montivideo e constitui uma equipe comprometida com a busca por uma arquitetura sensata e congruente com o nosso tempo-espaço.
A complexidade e diversidade de cada projeto é o que motiv a parceria dos dois escritórios a encontrar soluções inteligentes e personalizadas para cada caso, visando sempre a satisfação de nossos clientes.
Acreditamos que toda a necessidade de desenhar um projeto é uma oportunidade de criar, inventar, sonhar, e isso nos realiza.


Arquitetos: Studio Paralelo + MAAM
Cliente: Converse
Localização: Parque Anhembi, São Paulo, Brasil
Colaboradores: Emiliano Etchegaray, Hernán Larrosa (Trios Iluminación)
Ano projeto e construção: 2009
Data: 14 a 17 de Julho de 2009
Duração: 4 dias
Periodicidade: Anual
Superficie construída: 204m²
Construtora: Macctub
Imagens: Fotosfera
Fotografías: Pedro Kok
Título: Stand Converse Francal 2009
Tema: Campanha Laces
Número de participantes: 1.000 (expositores); 55.700 (visitantes)
Abrangência: Setor calçadista
Entidade Promotora: Francal feiras

Galeria de imagens
planta baixa
parede de exposição de produtos
salão de vendas e exposições
bancada laces
sala de reuniões
hall de acesso ao salão de vendas
         

 

Breve Descrição
A Feira Francal (Anhembi São Paulo, SP) é considerada a principal exposição nacional da indústria do calçado, incluindo moda, acessórios, maquinários, aviamentos e componentes. É uma grande mostra de tendências e produtos.


CONCEITO.
Converse é uma dessas marcas-ícones mundiais. Por sua maneira de entender a cultura do rock com sua ousadia e espírito transgressor, é hoje uma referência indiscutível de tendência e estilo. Com este espírito, a Converse não pode passar despercebida em suas exibições.
Estas são as bases sobre as quais pensamos o stand Converse para a Francal 2009.

TRABALHO
O trabalho trata de um stand de 204m² em um espaço de feria de 12x17m. A duração do evento é de quatro dias somente e por isso as variáveis mais importantes para nós passaram a ser: a “primeira impressão” e o “impacto”, ou seja, era pouco tempo gerar lembranças por permanência.

CONCRETIZAÇÃO
O exterior se apresenta neutro em sua forma, uma caixa pura de cristal adesivada com a campanha publicitária da marca. É uma caixa que comunica através da estratégia de escala, o produto maximizado, passando a ideia de externalidade pura, ou seja, se comunica desde seu exterior.

O acesso é o único ponto de tangência entre exterior-interior. Aqui se da o controle e se propõe a troca de escala no interior do salão de exposições iniciando com 2.20m de altura.

O interior explora a espacialidade e a escala diferenciada. Um plano vermelho retro-iluminado que divide duas realidades: 1) a área VIP, baixa e fragmentada (2.20 m de altura), completamente vermelha, que aposta na ambientação extrema, onde se desenvolve a recepção, lounge de acesso e atividades VIP; 2) a área de vendas, espaço tensionado, com a presença dominante de um teto inclinado que começa com 2,20m de altura e cresce até os 4m “inclinado”. O espaço contempla a parede de exibição dos produtos (uma parede coberta de calçados Converse). O teto (forro) contém dois grandes furos onde o espaço se dispara na vertical e aparecem elementos da mais nova campanha publicitária. É uma área de estímulos. Uma parede de auto falantes representa a relação com a música e mostra a linha de calçados específico do mundo do rock.
É também um espaço para negócios, onde mesas de reunião informal se dispersam por todo espaço e um móvel – escritório - sofá – oficina desenvolvido especialmente para o stand é protagonista dessas relações. A iluminação é seletiva e gera atmosferas.
Contudo, o produto é o protagonista, o espaço gera sensações. Tudo entra pelos olhos.

A publicidade do stand é de responsabilidade do cliente contratante (Converse). Que ficou com a parte de divulgação e produção de material publicitário.Porém por se tratar de uma feira a grande quantidade de stands de outros expositores exige do projeto um diferencial que o faça se destacar dos demais; somando-se a esse caráter competitivo o peso da marca Converse que em função de sua presença expressiva no mercado e característica de conciliar tradição e contemporaneidade exigiu constante diálogo entre clientes e projetistas para que as necessidades e aspirações dos primeiros pudessem ser atendidas de maneira satisfatória pelos segundos.
Esta exigência fez com que o processo criativo se desenvolvesse como aproximações contínuas ao ideal imaginado pelo cliente e os valores da equipe de profissionais envolvidas no projeto. O Studio Paralelo foi responsável por desenvolver o projeto viabilizando a execução de maneira eficaz, reduzindo tempo pela aplicação métodos rápidos de construção.

O Studio Paralelo foi responsável pelo desenvolvimento do projeto e acompanhamento na execução do mesmo. As informações referentes a dados financeiros é restrito ao cliente (Converse).

O Studio Paralelo, na qualidade de prestador de serviços, buscou atender às necessidades do cliente, que não ocasião não solicitou este tipo de abordagem.

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube