Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 19ª Edição

Case: XIX CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
Candidato: MCI Group
Cliente: ABAS -Associação Brasileira de Águas Subterrâneas
Segmento: Eventos
Estado: SE
TROFÉU EXPO CENTER NORTE
Categoria: Congresso Nacional
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos

A MCI é uma empresa de propriedade independente com sede em Genebra, na Suíça. Desde 1987, nosso negócio se baseia na visão humana: “quando as pessoas se juntam, a magia acontece”.

Somos parceiros desde a concepção e gestão dos eventos, conferências e congressos, até a prestação de consultoria e soluções sob medida para empresas e associações.

Por meio de experiências presenciais, híbridas e digitais, ajudamos nossos clientes a engajar e ativar estrategicamente seu público-alvo e fortalecer seu negócio, otimizando seus resultados.

São mais de 2.000 talentos distribuídos em 63 cidades e 31 países que trabalham atendendo em toda a Europa, Américas, Ásia- Pacífico, Índia, Oriente Médio e África. No Brasil temos sede em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, além de capacidade e expertise para operacionalizar por todo território Nacional e Internacional. Saiba mais em: www.mci-group.com.

O Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, mais conhecido como CABAS acontece a cada 2 anos e em 2016 foi realizada a sua 19ª edição, paralelamente com a 20º edição do Encontro Nacional de Perfuradores de Poços e a Feira Nacional da Água. O Congresso recebeu 2 mil participantes e 10 mil visitantes.

Ficha Técnica do Evento:
Título: XIX Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, XX Encontro Nacional de Perfuradores de Poços, Feira Nacional da Água
Tema: Águas subterrâneas nosso melhor recurso
Número de participantes: 2.000 no Congresso e 10.000 visitantes
Local: Expo D. Pedro - Campinas
Data: 20 a 23 de setembro de 2016
Periodicidade: Bianual
Abrangência: Nacional
Atividades paralelas: FENÁGUA – Feira Nacional da Água
Entidade promotora: ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Galeria de imagens
       

 

O CABAS, realizado a cada dois anos, com adesão crescente a cada edição, é o maior evento do setor e ganhou maior expressão ao ser realizado em conjunto com o Encontro de Perfuradores de Poços e com a FENÁGUA.

O evento aborda importantes temas nacionais e de especial interesse do Estado e de suas empresas ligadas à mineração ou ao uso e preservação de recursos hídricos subterrâneos.

A FENÁGUA é uma feira paralela ao congresso que conta com vários estandes, oferecendo espaço a todos os segmentos relacionados ao setor de águas subterrâneas, dentre os quais destacamos os que tratam de:

- Uso – indústria, abastecimento público, agronegócio, mineração e petróleo.
- Explotação – perfuração de poços, equipamentos, manutenção, operação.
- Preservação – gestão, políticas públicas, legislação.
- Monitoramento – quantidade e qualidade.
- Remediação – instalação de poços de monitoramento, laboratórios de análise d’água.

O Encontro Nacional de Perfuradores de Poços, também realizado na mesma oportunidade, apresentou técnicas inovadoras, novos produtos e serviços e o que há de mais avançado no mercado a disposição dos perfuradores, além de poder contar com o intercâmbio de informações entre os participantes dos três eventos.

Os congressos da ABAS criam um ambiente ideal para a participação não só de empresas que fabricam produtos e prestam serviços em águas subterrâneas ou mineração, como também de órgãos de Governo, universidades e usuários em geral.

Os eventos sempre congregam renomados especialistas das áreas vinculadas ao setor para que sejam definidos caminhos em busca de maior excelência no uso e na produção de tecnologias limpas, em consonância com as políticas socioambientais de âmbito nacional e internacional, sem prejuízo do potencial de crescimento econômico do setor.

Galeria de imagens
       

 

O Congresso da ABAS foi marcado por inovações de todos os tipos, a começar pela estrutura pensada para dar mais liberdade e mobilidade para centenas de participantes. As palestras aconteceram em um auditório aberto, montado em formato arena, e no palco central foram realizadas quatro palestras simultaneamente. Cada participante recebeu um head fone pelo qual era possível conectar o áudio de qualquer uma das palestras ou até mesmo do seu estande, sem que o congressista precisasse se deslocar para assisti-las e sem que o áudio de uma interfira nas demais, bastando apenas conectar no canal do palco de seu interesse.

Depois de 18 edições a ABAS aceita o desafio de inovar e apostar no diferente formato de fazer 3 eventos em um único espaço.

XX Encontro Nacional de Perfuradores de Poços: o encontro acontece em paralelo a dois outros eventos importantes: a Fenágua 2016 – Feira Nacional da Água e ao XIX Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, onde foram apresentados os mais recentes trabalhos sobre hidrogeologia do país.

Como forma de apresentar as discussões de forma lúdica para a população, o evento contou ainda com a Exposição “ De onde vem a água que você bebe” – Realizada a primeira edição em Minas Gerais no ano de 2014 e com a participação de 20 mil pessoas da sociedade e em 2016 na cidade de Campinas com mais de 10 mil visitantes. Exposição gratuita que tratou o assunto com estações interativas, painéis fotográficos e holográficos e outros recursos direcionados pedagógicos.

Desenvolvemos um aplicativo de realidade aumentada “ POKEPOÇO” - painel onde as pessoas perfuravam os poços a partir de aparelhos celulares, E o melhor, cada um furava o seu! Durante a perfuração a tecnologia explica as etapas construtivas do poço até sua completa instalação! E se furasse no local errado o poço aparecia como seco.

Exposição de equipamentos: Equipamentos utilizados para perfuração de poços, como perfuratriz, bits, martelo, compressores, bombas e câmera de perfilagem.

O maior desafio foi realizar um evento sem apresentações visuais, onde o palestrante, ao invés de utilizar vários slides, apresentou apenas verbalmente seu conhecimento e suas experiências. Garantindo maior concentração do público e promovendo a interatividade entre participante e palestrante. Os slides apresentados eram somente de gráficos ou imagens para complementar o que era discutido.

Galeria de imagens
       

 

Apesar da Feira ter acontecido em um destino menos acessível que a edição de 2012 em BH, onde foi realizada em uma praça pública, e contou com 20.000 visitantes, em Campinas a exposição também trouxe bons resultados. Foram mais de 10 mil pessoas rotativas, entre escolas, comunidade e participantes, gerando negócios para o complexo do Shopping D. Pedro, uma vez que a praça de alimentação utilizada era a do shopping. Esse número foi expressivo visto que foi realizado em um espaço privado, inibindo a participação do público passante.

Na cidade de Campinas por ser o pólo dos perfuradores, não tivemos uma ocupação hoteleira grande, mas geramos cerca de 200 empregos indiretos e tivemos o evento divulgado em 7 mídias, sendo elas: Sites, Facebook, Jornal, Twiter, Blogs, Linkedin e revistas, alcançando 69 veículos.

Na parte de sustentabilidade, fizemos um evento com papéis reciclados, desde o crachá, caneta e sacolas. Tínhamos a reciclagem de lixo, os quais eram separados e levados para uma cooperativa da cidade.

Toda sobra de material da exposição, no caso as lonas, retornaram para montadora, já que a mesma faz a reciclagem e no final do ano divide com a equipe de produção o valor arrecadado, como uma forma de agradecimento.

Galeria de imagens
       

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube