Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 13ª Edição

Case: RIO+20
Candidato: Agência Um Eventos
Cliente: LIVEAD
Segmento: Eventos
Estado: RJ
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Rio+Social Plenária

Criar experiências únicas e transformadoras através de eventos.
Esta é a nossa visão de negócio aqui na Agência Um.

São mais de 16 anos de desafios e conquistas realizando uma média de 6 eventos por dia, campanhas de incentivo e viagens.

São 100 profissionais diretos entregando soluções completas para os eventos corporativos de nossos clientes: planejamento, hospedagem, transporte, criação de comunicação visual e sistema informatizado, consultoria, entretenimento e gestão financeira em eventos.

Esta é a nossa resposta a um mercado cada vez mais exigente e dinâmico, que busca soluções inovadoras e com excelente custo-benefício.

A Agência Um tem um compromisso com a formação e o desenvolvimento de seus profissionais. Por este motivo foi considerada umas das 50 melhores empresas para se estagiar (CIEE/ Ibope Solutions).
Diferenciais:
- Consultoria especializada em eventos e viagens de incentivo: projetos exclusivos, de acordo com as necessidades dos clientes;
- Segurança e tranquilidade: experiência e infraestrutura nacional e internacional para atender os clientes em qualquer momento e em qualquer lugar;
- Qualidade e magia: soluções inovadoras para surpreender e encantar os participantes do evento;
- Transparência financeira: orçamento detalhado para o acompanhamento e otimização de recursos;
- Relacionamento sustentável: somar experiências para alavancar negócios e construir longas e positivas parcerias.

Perfil de nossos eventos:
Convenções de vendas, seminários, feiras, jogos, eventos de gastronomia, rally de regularidade, praças de integração, clínicas de esporte, road show para lançamentos de produtos, inaugurações, coletivas de imprensa, seminários, ações de marketing cultural, eventos de integração e confraternização, viagens e premiações e campanhas de incentivo de vendas.

Nossos clientes:
Atento, Aymoré Financiamentos, Banco Santander, Banco Votorantim, Bright Star, BSPC, Citibank, Convergys, Degremont, Deutsche Bank, DuPont Agrícola, Edward Life Sciences, E.M.S, Ericsson Telecomunicações, Ernst & Young, Grupo Fiat, Hospital Albert Einstein, Isban, ITI, Johnson Controls, Kraft Foods, KPMG, Mosaic, Natura, Nextel, sanofi-aventis, Siemens, Stora Enso, Produban e Unilever.




Galeria de imagens
       

 

Ficha Técnica do Congresso:
Título: Rio + Social
Tema: Desenvolvimento Sustentável
Data: 19 de junho de 2012
Local: Hotel Windsor Barra
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: RJ

Número de participantes locais: 270
Número de participantes internacionais: 630
Periodicidade: Pontual
Abrangência: Internacional

Os mesmos fundadores do evento anual Social Good Summit organizaram a Rio+Social: Fundação das Nações Unidas, Mashable e 92nd Street Y.

Também foi fundamental a parceria e o patrocínio das empresas Ericsson e EDP para dar suporte à liderança. O evento foi desenvolvido pela agência de comunicação LiveAD, tivemos como co-patrocinadores a Virgin e a United Postcode Lotteries, contamos com o suporte de mídia da Editora Abril, pelo projeto Planeta Sustentável.

A PepsiCo foi apoiadora fornecendo bebidas e diversos salgadinhos aos participantes, com esta atitude garantiu ativação da marca.

SINOPSE
Para apresentar o evento, conceito e objetivo são necessários, primeiramente, conhecer alguns fatos importantes:
Durante os dias 13 a 22 de junho de 2012, ocorreu no Rio de Janeiro, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Ela ficou assim conhecida porque marcou os vinte anos de realização da Rio-92.

O objetivo da Rio+20 foi tratar de assuntos sobre a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável, por meio da avaliação do progresso e das lacunas na implementação das decisões adotadas pelas principais cúpulas sobre o assunto e do tratamento de temas novos e emergentes para as próximas décadas.

Rio+Social:
A Rio+Social foi uma conversa global sobre a conexão entre mídias sociais, tecnologia e sustentabilidade, um evento inovador, de um dia (19 de junho de 2012), que ocorreu simultaneamente com a Rio+20.

A data foi estrategicamente escolhida por ser a véspera das principais sessões da cúpula da Rio+20 e o mundo inteiro estava focado no Rio de Janeiro esperando soluções para a sociedade baseadas no desenvolvimento sustentável.

Objetivos:
• Ser o evento paralelo a Rio+20 para aproveitar o engajamento global;
• Explorar o novo papel das mídias sociais e da tecnologia no desenvolvimento sustentável;
• Ser referência em um dos mais importantes encontros de tecnologia e mídias sociais com líderes globais na história do movimento em torno do bem social;
• Usar o “social” para o “bem” de forma a incorporar soluções sustentáveis para nosso futuro;
• Convidar participantes para se juntar aos diálogos da Rio+20;
• Encorajar a discussão sobre soluções palpáveis, de longo prazo e mostrar como as pessoas em todos os lugares podem agir;
• Transmitir o evento ao vivo pela internet (Facebook e Youtube) para alcançar um grande público.

CONTEÚDO
Tínhamos a missão de produzir o evento, coordenar toda a logística operacional e encontrar fornecedores locais para um período em que toda a cidade do Rio de Janeiro já estava pré-contratada para atender às demandas da Rio+20. As dificuldades começaram pela escolha do local, a ideia inicial era fazer na Lapa – Fundição Progresso – por ser um local diferenciado devido ao contexto cultural. Acabamos por utilizar o Windsor Barra para garantir a segurança e locomoção dos palestrantes, e também contar com uma estrutura que auxiliasse na utilização de equipamentos de ponta, principalmente para trabalhar com transmissão de vídeo (streaming) e cobertura de internet para todos os participantes.

Produzimos um evento com repercussão mundial onde os temas debatidos sobre “como a tecnologia e as mídias sociais podem ser unidas para discutir, em nível global, ações de sustentabilidade para a construção de um mundo melhor?” que foram pauta da Rio+20. Só o fato de um evento dessa envergadura ter tido um dia inteiro dedicado às redes sociais – o Rio+Social – comprova que as ferramentas digitais já são indispensáveis na luta por melhores condições de vida no planeta e a Agência UM conseguiu atingir o objetivo principal.

O grande desafio da Rio+Social era manter milhares de pessoas conectadas digitalmente, para que participassem e repercutissem as conversas que aconteceram no Rio de Janeiro de forma que suas próprias redes se tornassem um instrumento de poder digital.

Os tópicos abordados no evento incluíram discussões sobre como a tecnologia e as redes sociais causam impacto positivo sobre sustentabilidade e os principais assuntos da Rio+20, incluindo: energia, cidades, empregos, alimentos, água, mulheres, oceanos e desastres.

A Rio+Social enfatizou que só é possível construir o futuro que desejamos se investirmos no poder da tecnologia para alavancar o potencial das redes sociais. Os parceiros que tornaram possível a organização da Rio+Social sabiam que milhões de pessoas tem uma opinião sobre como devemos construir o futuro que queremos. Estas pessoas, conectadas digitalmente, participaram e repercutiram as conversas que aconteceram no Rio de Janeiro de forma que suas próprias redes se tornaram um instrumento de poder digital.

Um evento desse tipo, com esse escopo e objetivo, nunca aconteceu na América do Sul. Foram reunidos líderes digitais e partes interessadas em um encontro global histórico para reforçar a ideia de que as redes sociais podem estimular uma discussão construtiva, autêntica e significativa sobre assuntos que são importantes para todos nós.

AGENDA
O pontapé inicial foi dado em grande estilo. Que evento seria capaz de reunir, num mesmo ambiente, um Prêmio Nobel da Paz (Mohammad Yunus); uma celebridade internacional das redes sociais (Pete Cashmore, editor do Mashable); uma ex-presidente (do Chile) e ativista dos direitos da mulher (Michelle Bachelet) e um multimilionário das comunicações e fundador-presidente da Fundação das Nações Unidas (Ted Turner)? Isso sem falar no presidente da Virgin Records e ativista dos direitos humanos Richard Branson, para muitos o Tony Stark da “vida real”; um explorador de oceanos e ambientalista (Fabien Cousteau, filho de Jacques) e uma banda de rock (Linkin Park). Fora estes, havia celebridades do mundo real que são, ao mesmo tempo, heavy users de redes sociais, como o apresentador Luciano Huck e a embaixadora da Unicef e cantora Daniella Mercury.

O papel da mulher na sociedade e as (ainda existentes) disparidades de gênero e a SHEconomy (economia focada na mulher) também entraram na pauta, assim como a contracepção, o planejamento familiar e a saúde materna. Alain Labrique, professor da Johns Hopkins University, fez uma apresentação sobre a importância da saúde materna e a necessidade de se discutir o tema da contracepção. Outra grande palestra foi a de Kate James, chefe de comunicações da Fundação Bill & Melinda Gates, que cravou a frase “deixemos (as mulheres) de ser notas de rodapé” no coração da plateia. A Fundação Bill Gates, diga-se, tem como meta o acesso global e irrestrito a contraceptivos. Já Ted Turner afirmou que para mudar a realidade é preciso dar educação justa e mais voz para crianças e mulheres.

LINE-UP MANHÃ
08:30 am Abertura | Credenciamento
09:30 am Introdução e boas-vindas em nome dos patrocinadores do Rio+Social por Aaron Sherinia, Fundação das Nações Unidas
09:33 am Kumi Naidoo, Greenpeace Internacional
09:40 am Georg Kell, United Nations Global Compact, entrevistado por Henry Timms, 92nd Street Y
10:00 am Mensagem especial em vídeo do secretário-geral da ONU Ban Ki-moon
10:10 am Pete Cashmore, Mashable, e Luciano Huck, Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias, entrevistados por Ronaldo Lemos, FGB
10:37 am Fabio Barbosa, Grupo Abril
11:02 am Transmissão em vídeo do Embaixador do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD), Ronaldo, o Fenômeno
11:05 am Helen Clark, PNUD, entrevistada por Matthew Shirts, National Geographic Brasil
11:30 am Navi Pillay, Comissária para Direitos Humanos da ONU
11:42 am Leonardo Tristão, Facebook América Latina
11:50 am Maura O’Neill, USAID
12:00 pm Anthony Lake, UNICEF, Daniella Mercury, Embaixadora no Brasil da UNICEF, entrevistados por Matthew Shirts
12:27 pm Sergio Fernandez de Cordova, Pvblic Foundation
12:38 pm Ted Turner, Fundação das Nações Unidas, entrevistado por Ricardo Guimarães, Thymus Branding

LINE-UP DA TARDE
01:05 pm Almoço
01:35 pm Apple Juice Kid, ARTVSM
01:40 pm Hans Vestberg, Ericsson, António Guterres, UNHCR, e Ertharin Cousin, WFP, entrevistados por Robert Skinner, Fundação das Nações Unidas
02:05 pm Christopher Mikkelsen, Refugees United
02:10 pm Kate James, Fundação Bill & Melinda Gates
02:25 pm Alnoor Ladha, Purpose e The Rules
02:30 pm Ana Maria Fernandes, EDP Brasil, Muhammad Yunus, Grameen Bank, entrevistados por Luciano Huck
03:00 pm Alain Labrique, Johns Hopkins University Global Health Initiative
03:05 pm Michelle Bachelet, UN Women, Gunilla Carlsson, Ministério das Relações Exteriores da Suécia, Radha Muthiah, Global Alliance for Clean Cookstoves, entrevistados por Elda Muller, Editora Abril
03:30 pm Luís Faria, Fundação EDP
03:38 pm Fabien Cousteau, Plant a Fish
03:48 pm Richard Branson, Virgin Group and Virgin Unite, José María Figueres, Carbon War Room, Jochen Zeitz, PUMA, Eben Bayer, MycoBond, Dennis Hunter, Ygrene, Sagun Saxena, Clean Star Mozambique
4:20 pm Hans Vestberg, Ericsson, Pete Cashmore, Mashable, entrevistados por Fabien Cousteau, Plant a Fish
04:52 pm René Silva, Voz das Comunidades

LINE-UP DO FIM DA TARDE
05:07 pm Gro Harlem Brundtland, OMS, Mary Robinson, The Elders, Esther Agbarakwe, Jovem Nigéria, Marvin Nala, China, Pedro Telles, Brasil, Sara Svensson, Suécia, entrevistados por Aaron Sherinian, Fundação das Nações Unidas
05:35 pm Florian Jürgs e Thorsten König, Kuuluu
05:50 pm Linkin Park, Power the World, Whitney Showler, Music for Relief, Laura Stachel, WE CARE Solar, Richenda van Leeuwen, Energy Access Initiative, moderado por Luciano Huck
06:35 pm Timothy E. Wirth, Presidente, Fundação das Nações Unidas
07:00 pm Coquetéis e cerimônia de premiação “Screw Business as Usual at Rio+Social” . Anfitrião: Richard Branson, Virgin Unite

Montagem:
O período de final de junho estava com a capacidade completa dos hotéis na cidade do Rio de Janeiro. A montagem das salas no Hotel Windsor (plenária, sala de palestrantes, sala de entrevistas, sala de imprensa e sala VIP) foi realizada na madrugada do dia 19 de Junho, por não termos disponibilidade na véspera.
Foi estipulado um cronograma de montagem, que priorizou os fornecedores que deveriam fazer a montagem de toda a estrutura cenográfica e estrutura técnica, em paralelo aconteciam os testes com equipamentos (streaming, link dedicado, tradução simultânea e gerador), e, por fim, fornecedores com um escopo simplificado (impressoras e computadores, credenciamento, decoração, UTI móvel, unifilias, entre outros).

Materiais sustentáveis:
Utilizamos materiais ecológicos e/ou sustentáveis durante as diversas fases do evento (pré, durante e pós-evento). Priorizamos a contratação de serviços locais para diminuir consumo de combustíveis fósseis nos trajetos até o evento.

No evento
- Foram utilizados materiais ecológicos na construção da cenografia (palco, púlpito e totens): tecido de algodão proveniente de materiais naturais conta com baixa utilização de produtos químicos no processo de produção e é biodegradável; ecoverniz elaborado à base de óleos naturais e substância vegetal; carpete de forração do palco com textura plana 100% de PET e resina sintética; todas as madeiras utilizadas no processo possuíam certificado FSC (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal) e DOF (documento florestal emitido pelo IBAMA) para as empresas beneficiadas que garantem que os produtos de áreas manejadas;
- Todas as lixeiras eram de coleta seletiva;
- O gerador contratado continha biocombustível;
- Iluminação dos espaços foi com lâmpadas LED visando diminuir o consumo de energia;
- Galões de água de 20l com copos de vidros foram distribuídos pelas áreas do Hotel para enfatizar o consumo sustentável. Algumas personalidades que solicitaram água individual receberam garrafas de vidros que foram, posteriormente, destinadas à reciclagem;
- Os portas-crachá das credenciais eram de material reciclado;
- Todo o material gráfico foi impresso em papel reciclado ou certificado, visando o mínimo de impacto ambiental;
- O lixo gerado no evento foi destinado ao Hotel Windsor que já conta com triagem seletiva.

Como descrito no início, um dos objetivos do evento foi transmitir o evento pela internet nos canais do Facebook (https://www.facebook.com/rioplussocial) e Youtube para alcançar um grande público. Além da transmissão online via streaming, era possível escolher três idiomas para ouvir a tradução das apresentações (inglês, espanhol e português).

No próprio Hotel Windsor tinham locais estratégicos com a transmissão da plenária principal para os participantes presentes, como na sala VIP, sala de imprensa e sala de palestrantes.

Os vídeos das apresentações da Rio+Social estão disponibilizados no canal do evento no Youtube e também no site do evento (http://rioplussocial.com e http://rioplussocial.com.br/pt-br/).

Tivemos 2 telas de delays que estavam na plenária principal onde era transmitida a timeline atualizada do Twitter do evento. O evento contou com a cobertura fotográfica.

Foi destinada uma sala exclusiva para os palestrantes denominada de Green Room e uma sala VIP para as personalidades. Em ambas as salas, eram transmitidas as apresentações da plenária via streaming.

Dentre os chefes de Estado presentes, foi dedicada uma grande atenção para a recepção e acomodação da rainha Silvia da Suécia e sua comitiva real. Foram realizados também encontros e visitas técnicas antes do evento com a equipe de segurança do Hotel, a guarda civil metropolitana do Rio de Janeiro e a guarda real para delimitar e cronometrar os tempos e movimentos para a chegada da comitiva real sueca.
Além do isolamento de algumas áreas do hotel enquanto a comitiva passava por questões de segurança, havia uma área reservada para a rainha em frente à plenária, alguns lugares reservados foram direcionados aos guardas reais à paisana.

Os participantes do evento receberam logo no credenciamento um kit com a agenda do dia, sacola reciclável, pen drive personalizado das empresas Ericsson e Fundação das Nações Unidas com o programa final gravado (caso os participantes quisesse acessar pelo próprio computador). Todo o staff que trabalhou no evento ganhou uma nécessaire com itens de higiene pessoal.

Duas áreas importantes foram destinadas à imprensa: a primeira foi a sala de imprensa onde tínhamos estações de trabalho com notebooks, impressoras e locais para recarregar aparelhos, como cenografia utilizamos um backdrop com as logomarcas dos patrocinadores do evento para ser cenário das matérias jornalísticas. O segundo espaço, foi uma sala de entrevistas reservada para realização de entrevistas pré-agendadas, colocamos também um backdrop, poltronas e vegetação para criarmos um espaço aconchegante nas entrevistas formais.

Uma equipe médica devidamente equipada com UTI Móvel estava à disposição dos participantes para primeiros socorros. Seguranças estavam posicionados na sala Vip, Imprensa e sala de Palestrantes. Durante a chegada da comitiva real, foram bloqueados alguns acessos às salas por questões de segurança e protocolo.

A equipe de produção contratada vinha tanto de São Paulo como da cidade do Rio de Janeiro para agregar conhecimento à mão de obra local e ao evento, além de ajudar com a diminuição de utilização de combustíveis fósseis que foram utilizados para deslocamento.Toda a equipe técnica tinha experiência em eventos de grande complexidade e entrega rápida.

Por se tratar de um evento de responsabilidade socioambiental nas mídias sociais toda divulgação foi feita majoritariamente pela internet.

O site do evento divulgava informações sobre palestrantes, projetos e fazia uma recapitulação de como foi a Rio-92 até o cenário atual da globalização.

A Rio+Social inovou no quesito interatividade. O evento teve transmissão simultânea no site oficial. “Com o streaming, estamos dando a oportunidade para as discussões irem além do local onde acontece”, diz Mariela Castro, que participa da organização do evento.

Perfil do público-alvo:
Um evento voltado para mídias sociais tem o ambicioso intuito de convidar todo mundo para participar. O evento foi transmitido ao vivo para o mundo inteiro, permitindo que qualquer pessoa pudesse interagir e mesmo após o evento os vídeos estavam disponíveis na internet.

O público também foi convidado a participar pessoalmente. Foram convidados bloggers e jornalistas interessados em cobrir o evento para ativar suas redes sociais. O público do evento pode ser considerado como cidadãos globais.

As personalidades foram convidadas pela sua liderança internacional em desenvolvimento sustentável, assim como sua expertise e convicção no poder da tecnologia e das redes sociais em inspirar mudanças de longo prazo. A lista inclui grandes nomes como Pete Cashmore, Ted Turner, Luciano Huck, Daniela Mercury, Fabio Barbosa, Hans Vestberg, Rainha Silvia da Suécia, etc.

Galeria de imagens
Totem Bem-Vindos
Plenária
Plenária 2
Sala Palestrantes
Sala VIP
Coleta Seletiva
Credenciamento
Luciano Huck
Fábio Barbosa
Ted Turner
Daniela Mercury
Severn Suzuki
     

 

1 – Como garantir que 500 pessoas se conectassem ao mesmo tempo com conexão wi-fi sem que a conexão fosse perdida?
Buscamos vários fornecedores e tivemos que contratar 2 empresas diferentes, sendo que uma estava com todo o suporte do evento via wi-fi e uma ficou de stand by.

2 – Como garantir que o streaming fosse conectado com a tradução simultânea em três idiomas e divulgado na home page do evento?
O desafio foi garantir que a transmissão simultânea (streaming) fosse conectada com a tradução simultânea (3 idiomas) e com a sonorização ambiente.

3 – Como transformar um evento onde a sustentabilidade estivesse por todos os espaços?
O projeto cenográfico e tecnológico foi diferenciado. O espaço de alimentações foi cenografado com material prensado totalmente legalizado e que pudesse ser reciclado, pós-evento. Toda a iluminação do evento foi composta por lâmpadas LED para que tivéssemos consumo menor de energia. Os portas-crachá das credenciais eram de material reciclado. Todo o material gráfico foi impresso em papel reciclado ou certificado, visando o mínimo impacto.

Galeria de imagens
Streaming Linkin Park
Streaming Ronaldo
Wi Fi
Internet
Jornalistas
Plenária 3
       

 

Abaixo, estão os números gerais do evento:
Staff:
- Pré-evento: 7 pessoas;
- Durante: 140 pessoas entre coordenação, organização e empresas terceirizadas (exceto hotéis);
- Pós-evento: 4 pessoas.

O alcance gerado pelo evento foi impressionante, segue alguns números:
- cerca de um milhão de pessoas impactadas no Facebook;
- uma comunidade de mais de 25 000 pessoas construída em pouco mais de 2 meses;
- mais de 16 mil menções no Twitter;
- mais de 100 matérias na mídia e blogs.

Em função disso tudo, o #rioplussocial chegou a 1º lugar e ficou a maior parte do dia entre os treding topics no Twitter Brasil. Também esteve entre os assuntos mais comentados em alguns momentos em Nova York, Washington e até no mundo.

Números de conexões:
WI-FI
Máximo – 273 conectados
Média – de 245 conectados

CABEADO (APROXIMADO)
Média – 150 conectados até o Máximo de 200.

MEDIA TOTAL DE USUÁRIOS SIMULTANEOS CONECTADOS: 395
Os valores máximos foram atingidos aproximadamente às 10h e a tarde 16h.

USO DE INTERNET (WiFi + CABOS)
Máximo de consumo de link – 28MB.

Memória de cálculo:
Estimativa: 600 usuários x 60Mb
Real: 395 usuários x 28Mb

O lucro gerado pelo turismo para a cidade do RJ durante a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, foi de 274 milhões de reais e mais de 1 milhão de visitantes.

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878